1comentário

Contando Até 10 com Camila de Ávila, do Bulb – Lomo Grupo

por em 19/11/2011
 

La Sardina Filme: Kodak Portra 160 NC (Vencido)

E pra nossa segunda edição do “Contando Até 10” chamamos a Camila. Ela faz parte do Bulb – Lomo Grupo, que une fãs de fotografia experimental em Santa Maria.

1. Apresente-se pro povo…
Bom, oi! Me chamo Camila, uma apaixonada por lomografia e faço parte do Bulb – Lomo Grupo.

2. O que faz da vida?
Sou formada em publicidade, trabalho em uma agência de propaganda como diretora de arte jr.

3. E a fotografia?
Sempre tive uma admiração fora do comum por fotografia, pelo fato de achar incrível tu conseguir resumir um momento em uma imagem.

Pearl Jam - PoA (11.11.11)

Pearl Jam - PoA (11.11.11)

4. E a fotografia analógica?
Nunca a fotografia digital me chamou tanto a atenção como a analógica consegue, principalmente pela qualidade da imagem e por todo aquele sentimento de curiosidade de como irá ficar a tua foto. Tive um primeiro contato com uma analógica na faculdade, depois disso segui para a lomografia, a qual sou completamente apaixonada! As cores estouradas, saturação, contraste, sobreposições… resultados que sempre surpreendem e me deixa morrendo de curiosidade para saber como ficou. Uma verdadeira experimentação, e eu adoro isso.

5. Quais cameras analógicas você tem?
Eu possuo 3 lomos: uma Supersampler, uma Pomme Juice Camera e a mais recente La Sardina. E estou prestes a adquirir mais uma: a Olympus OM-1.

Sem Título

6. Tem algum filme de preferência?
Acho lindo os resultados com o Kodak Elite Chrome. Mas não me prendo muito a tipo de filme. Gosto mesmo é de estar sempre experimentando, testando um ou outro.

7. Tem algum estilo de preferência, dentro da fotografia com filme?
Tento não me prender a estilos. O que me chamar atenção no momento, e achar bacana, irei clicar. Vai do momento, do que está acontecendo ao redor.

8. Tem algum fotógrafo que seja referência pra você nessa área? Porque?
Robert Capa: por achar incrível a forma em que ele retratou os conflitos, guerras. Consegue deixar muito interessante algo triste e com certo desespero, tensão. Philippe Halsman: um cara que consegue inovar em um tempo onde a criatividade sempre se repete (o mais do mesmo) é fascinante!

Sem Título

9. Uma dica pra quem tá começando na fotografia analógica.
Experimente, sem medo! É assim que a gente aprende e descobre o jeito de conseguir transmitir o que queremos com aquela imagem. As vezes em um clique que achamos que erramos, podemos acertar e muito, nos surpreendendo com o resultado.

10. Outra dica, pra não te chamarem de egoísta…
Hmmm… acho que vale repassar a idéia básica da lomografia para quem deseja aderi-la: seja rápido, não pense, não tenha preconceitos em relação ao ambiente, observe tudo, seja comunicativo. Ou seja, não se preocupe com regras.

Mais fotos da Camila aqui, e mais sobre o Bulb aqui.

Por hoje é só, pessoal.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!