16comentários

Experimente: seus filmes sob o calor do sol.

por em 09/12/2011
 
ProimageNoSol: Good

good... - por julio frança

Um dia pensei: “será que aquecer o filme pode alterar suas propriedades?” Para testar essa hipótese maluca resolvi clicar dois rolos de Kodak Proimage 100 com a minha Lomo LC-A fabricada em 1985 e deixar “cozinhando” lentamente no parasol do meu carro, que sempre ficava sob o sol no horário de trabalho.

Sabe, aquela aba que a gente abaixa pra proteger do sol ou para sua namorada retocar o batom? Então.

Escolhi o Kodak Proimage 100 por N motivos: de longe é o meu filme predileto, já tinha várias fotos com ele e poderia comparar os resultados e, principalmente, era o filme que estava sobrando na geladeira. Para quem não conhece, o Kodak Proimage é um filme negativo da linha profissional, bastante equilibrado e balanceado para tons de pele. É um filme que você dificilmente vai ter alguma alteração de cor. Exceto se o colocar no parasol do seu carro!

ProimageNoSol: Sinal

Totem - por julio frança

Usei o parasol pois o interior do carro se enche de calor (e raios infravermelhos, eu acho…) mas sem correr o risco de derreter os filmes deixando direto no sol ou aquecendo no forno ou fogão. A película é muito sensível ao calor e não podia correr esse risco de derreter meus os filmes!

Assim, depois de mais um mês e alguns dias no parasol (realmente não lembro exatamente) mandei revelar os dois filmes e fazer ampliações 12×9 sem correção de cor e pronto! Cores mais frias quando sob sol e cores mais estranhas quando sob luz de tungstênio, praticamente um Xpro só com negativo e C-41.

Veja os resultados:

ProimageNoSol:  Jogos Mortais II ProimageNoSol: Jogos Mortais I ProimageNoSol: Erro na matrix ProimageNoSol: Toc Toc ProimageNoSol: Brioche ProimageNoSol: Senta II ProimageNoSol: Esquadro ProimageNoSol: Jardim ProimageNoSol: ProtocoloBlueHand ProimageNoSol: Senta ProimageNoSol: Protesto ProimageNoSol: Sinal ProimageNoSol: Year ProimageNoSol: Good

E aí? Se empolgou em experimentar mais com seus filmes?

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 30/12/2012 em 1:03 am

    Voy a intentarlo. ¿Alguien sabe qué pasa si se mete una película (um filme) al microondas?

    Responder

    • Julio França
      30/12/2012 em 5:20 pm

      Cosette, acredito que vai derreter o filme… e a parte metálica do cartucho do filme vai dar aquelas faiscas dentro do microondas. Recomendo NÃO tentar…

      Responder

  • Madelaine
    21/08/2012 em 5:20 pm

    estava pensando aqui: e se expôr o filme a uma lâmpada para infravermelho? assim, tecnicamente, ele “cozinharia” da mesma forma, não?

    Responder

  • Pedro Paiva
    27/07/2012 em 3:39 am

    Tem certeza que aquece o filme primeiro e depois fotografa? Estou embaralhado, o texto da a impressão de que primeiro fotografa depois coloca no microondas ambulante.
    Aliás, da diferença caso troque a ordem das ações?

    Responder

    • 27/07/2012 em 7:12 am

      Opa Pedro! Na verdade não :-) só recentemente reparei que eu havia entendido errado de fato. O Júlio fotografou primeiros depois deixou no parasol. :-)

      Sobre a diferença de fazer isso antes ou depois, que eu saiba, vai resultar mais ou menos na mesma coisa. Pois o filme é quimicamente o mesmo antes e depois de usado. Suas características só mudam quando revelado…

      Responder

  • Sergio Castro
    12/06/2012 em 3:28 pm

    Já testaram fazer isso com um PB? Curti muito a idéia! Abraços.

    Responder

  • Maria Clara
    27/05/2012 em 8:39 pm

    Olá! Adoro o seu site, sempre leio, mas só agora vim comentar. :)

    Bem… Tenho uma dúvida, é para deixar o filme cozinhando rebobinadinho dentro da “latinha” dele ou puxar o filme todo q tem dentro e deixar ele exposto?

    Beijos!

    Responder

    • 27/05/2012 em 10:39 pm

      Oi Maria!

      Você deve manter o filme dentro do rolo. Se você retirar o filme do rolo, expõe ele à luz e, dessa forma, vela ele e impede que ele possa ser usado pra tirar fotos, ok?

      Obrigado pelos elogios, e conte sempre com a gente! :-D

      Responder

  • Robério
    24/05/2012 em 9:50 am

    Cara tenho vários filmes Kodak Proimage 100, já estão perto de vencer mais minha minha câmera é dessas analógica bem simples mesmo, se eu colocar esses filmes nela as fotos vão ficar normal, ou se sem alterações nas imagens. vc me diria um jeito mais mais rápido de poder alterar o filme e tirar fotos legais. abs

    Responder

    • 24/05/2012 em 10:14 am

      Robério, a técnica sugerida pelo Julio nesse post independe da câmera usada. Pra câmeras simples como você disse que a sua é, essa, e outras técnicas que dependem mais do negativo do que da câmera, realmente são o ideal. Outras boas são: revelação cruzada e fotografia em preto e branco, por exemplo.

      Abs!

      Responder

  • 10/01/2012 em 9:56 am

    Hum, na verdade primeiro eu bati as fotos com os filmes e depois deixei “cozinhando” no carro. Do carro foi direto pro lab. Pode dar um resultado diferente bater o filme depois. Eu preferi já ter as imagens no filme e depois “tratar” com o calor.

    Responder

  • 10/01/2012 em 12:35 am

    Você tirou as fotos primeiro e depois deixou ele “cozinhar” ou primeiro “cozinhou” e depois carregou a câmera?

    Responder

  • 14/12/2011 em 1:14 pm

    Caraca, curti a ideia. Vou tentar! :D

    Responder

  • 12/12/2011 em 3:18 pm

    Que experiência ANIMAL! Realmente as fotos parecem muito xpro. Vou fazer tb.

    Responder

Deixa aí seu comentário!