16comentários

WTF! Não saiu nada no meu filme revelado! O que aconteceu?

por em 11/01/2012
 

Reflexo em vidro preto, de Samuel Paz. No negativo dessa foto, as bordas de cima e de baixo, que receberam pouca luz, vão estar claras/transparentes.

Dia desses pediram minha ajuda no twitter pra tentar descobrir porque filmes já usados, depois de revelados estavam “totalmente em branco”, ou “pretos”. Ou seja, “não saiu nada”. Não foi tão difícil ajudar, e vou explicar porquê. Assim você mesmo vai poder diagnosticar o problema quando ele acontecer com um de seus filmes.

A parada é relativamente simples. Quando um filme, depois de revelado, fica todo ele uniformemente com a mesma cara, ou ele queimou por completo (ou velou), ou nem sensibilizou, ou seja, nunca recebeu luz. “Tá… mas como eu vou saber qual dos dois é o meu caso?” Moleza! Quer ver?

Olinda!, por Leticia Viaja. O negativo dessa foto, na parte alaranjada, onde vazou luz, vai estar escuro...

Pegue um rolinho de filme não utilizado que você tenha em casa. Agora pega aquela pontinha que tá pra fora e olha pra borda. Tá vendo a borda? Aquela borda que forma a moldura da foto? Tá vendo as divisões entre as fotos? Não? Que bom, porque elas não existem antes do filme ser usado e sensibilizado pela luz que entra pela câmera.

O filme em si é apenas um pedaço comprido de plástico, todo coberto de químicos e sais de prata, sem qualquer divisão, separação ou diferença entre suas partes, bordas, meios e etc. A única diferença é entre um lado e outro da película. Um é sensível à luz, outro não. Por isso, quando ele recebe luz nele todo, sem ser pela câmera, ou não recebe luz nenhuma, você não encontra bordas ou divisões.

Filme colorido queimado depois de revelado

1. Filme velado/queimado: Um filme que recebe luz direta, e com isso queima, ou vela, fica igual o da foto ao lado. Isso porque os elementos sensíveis à luz queimam e, como é um negativo, ficam pretos. Se você ampliar, ou scanear, vai ver uma foto branca (afinal,  preto no negativo, fica branco no positivo, né?) Não existe nada registrado nesse filme? Na verdade existe. Uma grande mancha de luz ocupando todo o rolo, como se você tivesse tirado uma foto do sol bem de pertinho. Isso acontece quando você pega um filme e puxa ele todo pra fora do rolo. O mesmo acontece com aquela pontinha do filme que está pra fora desse seu rolinho virgem.

Ou seja, se o filme tá fosco, não dá pra ver nada através dele, é porque queimou, velou. Bateu luz demais nele.

Filme pb não sensibilizado depois de revelado.

2. Filme não sensibilizado: pense no seguinte: o que acontece se você pegar um rolinho de filme na caixa ainda, cheirando a novo, e mandar revelar? Não vai sair nada, porque nada foi fotografado com ele, né? Ou seja, nenhuma luz sensibilizou ele, certo? Certo. Pois bem, e como fica a cara de um filme assim depois de revelado? Fica como a imagem ao lado, ou seja, em branco, quase transparente. E, se o negativo está “em branco”, uma foto ampliada desse filme vai ficar….? Isso! Preta, como se fosse uma foto de um urso preto numa caverna escura numa noite de eclipse da lua.

Agora um porém. Na primeira imagem acima, o filme é um negativo colorido, cuja base é alaranjada. Na segunda imagem, o filme é um pb, cuja base tem essa cor aí que eu não sei dizer se é cinza, lilás, roxo ou sei lá o quê.

Resumão da aula: O importante, no final das contas, é saber que um filme queimado revelado fica fosco, e um virgem revelado fica transparente. Porque, onde a luz bate os sais de prata queimam e ficam escuros/foscos, e onde a luz não bate os cristais ficam lá quietinhos, invisíveis. 

“Tá… falou, falou, mas não resolveu meu problema. Porque isso aconteceu?” Bom, primeiro, deixa de ser grosso que eu tô tentando ajudar. Segundo, para e pensa: sabendo diferenciar um problema do outro, agora você consegue refazer os passos desse seu filme, desde a compra até a hora em que mandou revelar, e sacar onde está o problema: se na câmera que deixou entrar luz por trás, se foi na câmera que não deixou entrar luz nenhuma pela lente, se o rolo sequer rodou dentro da câmera, se você estragou tudo ao desenrolar o filme todo “só pra ver como é”… ;-)

Agora uma última é importantíssima dica: olhe BEM pro negativo, e veja se realmente não saiu NADA nele. Porque, se saiu, a situação pode ser bem outra. No negativo abaixo, por exemplo, o fotógrafo achou que “não tinha saído nada”. Depois, observando com calma, ele viu que haviam sim algumas imagens no negativo, muito fracas. Conclusão: estava tudo certo com a câmera e com o negativo. O problema havia sido com ele mesmo, que tinha tirado as fotos em um lugar muito escuro… :-)

O filme foi usado corretamente, mas num lugar escuro. Observem que ele está transparente, e dá pra ver o que tem atrás, mas em algumas partes existem imagens registradas, como no centro da primeira tira aí de cima. Dá pra ver o céu de uma foto tirada com uma lente fisheye...

Às vezes as coisas são mais simples do que parecem!

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Du
    14/07/2015 em 10:33 pm

    Aconteceu a mesma coisa comigo hoje.
    : (

    Responder

  • Hiana
    12/05/2015 em 10:51 pm

    Oi, gostaria de saber se tem como digitalizar ou escanear um filme que nunca foi revelado.

    Responder

  • marianna
    20/10/2014 em 6:55 pm

    oi, gostaria de entender o que ocorreu com o meu filme. mandei revelar após ter terminado de fotografá-lo por inteiro, e apenas algumas fotos saíram (cerca de 7 fotos), o resto ficou transparente igual a imagem do filme não sensibilizado. o que será que pode ter acontecido? alguma dica?

    Responder

  • Sara
    11/08/2014 em 8:24 am

    Eu revelei dois filmes, comprados no mesmo local, fiz as fotos com duas câmeras diferentes, e tive problema com vazamento de luz (aí o problema é do laboratório, certo?) mas tive outro problema que foi o tom, todas as fotos ficaram azuladas, o que pode ter causado essa mudança na cor?

    Responder

  • Ana
    06/08/2014 em 3:39 pm

    Oie André, comprei uma Pentax ME e segundo o vendedor estava em perfeitas condições de uso… porém, mandei revelar meu primeiro filme com ela, e ele saiu transparente. Com faço pra saber qual foi o problema?
    Muito bom o texto! abraço

    Responder

    • 11/08/2014 em 7:30 am

      Oi Ana! Olha, a melhor coisa é levar num técnico mesmo, viu… se o filme saiu transparente é porque ele não foi adequadamente exposto à luz. Pode ser um problema no obturador ou até no espelho que não esteja subindo apropriadamente…

      Responder

  • 01/12/2013 em 8:49 am

    Olá tenho uma Olypus Pen EE-3, e eu não sei se e porque eu não sei usar ou oque é, mas tirei varias fotos com a câmera e não saiu nada. Oque fazer? Me ajude!

    Responder

  • Igor
    16/01/2013 em 1:59 am

    Olá André, cheguei até seu site e principalmente a essa materia pois procuro uma dica para meu problema e talvez você possa me ajudar. Comprei uma camera Olimpus trip 35 usada onde o vendedor não sabia se estava funcioando, fuçei e percebi que o problema era que o filme estava no final já e não sei pq a camera estav travada, enrolei o filme com a camera fechada (na manivela) e o retirei, agora estou com esse rolo aki e gostaria de saber se há fotos nele (oo curiosidade heheh) existe alguma forma de saber se tem fotos, sem eu queimar o filme, ou mandar revelar (questão de economia)?? tem alguma dica?

    Responder

    • 16/01/2013 em 9:20 am

      Opa Igor! Realmente não tem como. Se eu fosse você, mandava só revelar, sem scanear nem imprimir, que sai baratinho. Daí, se tiver alguma foto interessante no negativo, você faz essas coisas :-)

      Responder

  • Mariana
    26/09/2012 em 10:38 am

    Oi André, eu quero um negativo transparente para usar em um trabalho artesanal…
    comprei um filme virgem e tirei do rolo e vi que ele vem fosco, depois peguei uns antigos que não me interessam mais a revelação e tirei do rolo tb…e tb ficaram foscos. Para eu conseguir o efeito translúcido eu necessariamente preciso levar para revelar?
    Grata.

    Responder

    • 26/09/2012 em 6:14 pm

      Oi Mariana! Pelo que eu estou entendendo, o que você quer é um cromo/slide. Você quer um filme que, depois de revelado, fique com a imagem não-negativa, e que não tenha o plástico alaranjado, certo? Se for isso, de fato o que você quer é um filme cromo, também chamado de slide, ou de positivo (exatamente porque a imagem fica “positiva” e não “negativa” :-)

      Abs!

      Responder

  • Lyra
    30/06/2012 em 12:31 am

    André, olhei o seu site pela primeira vez hoje e bateu o desespero. Tirei várias fotos em uma Olympus-Pen EES-2, seis meses atrás. O filme acabou e tinha que colocar outro. Na hora de tirar o antigo eu fiquei na dúvida, pois não sabia como fazer isso. Puxei o filme (a noite e com as luzes do quarto apagadas) e tentei colocá-lo na caixinha, mas não consegui. Enrolei em um pano preto e o guardei dentro de uma caixa. Assim o fiz com mais dois filmes. Li agora que seria bom guardá-los na geladeira (ainda mais para quem mora em locais quentes, como é o meu caso: Recife). Quando fui pegá-los, notei que dois estavam como na foto que você mostra “filme velado/queimado”.. o terceiro estava completamente enrolado no pano preto e resolvi não mexer. Então.. isso significa que eu perdi tudo? Não tem mais jeito? :(
    Oh, céus.

    Responder

  • 11/04/2012 em 5:56 pm

    Hoje o meu problema foi com a luz, o filme QUAAASE velou, tanto é que nem queriam digitalizar nem revelar pois falaram que n ia sair nada, mesmo assim pedi pra digitalizarem o que deu pra ver alguma coisa=x

    Responder

  • 11/01/2012 em 1:30 pm

    HAUhuahUHAUha, Ri Muito! “Preta, como se fosse uma foto de um urso preto numa caverna escura numa noite de eclipse da lua
    ….”

    E ainda: ““Tá… falou, falou, mas não resolveu meu problema. Porque isso aconteceu?” Bom, primeiro, deixa de ser grosso que eu tô tentando ajudar…”

    Há, muito engraçado! Sempre tem um humor nas suas postagens! Postagens estas, esclarecedoras como sempre! Obrigada!

    Responder

Deixa aí seu comentário!