2comentários

Contando Até 10 com Victor Marim

por em 21/01/2012
 

FEIRAS & FEIRANTESConheci o Victor em uma palestra dele sobre introdução à fotografia que assisti em um evento. Eu não conhecia o cara. Mas depois de alguns poucos minutos ouvindo ele falar, as referências ao mundo analógico já deixavam clara sua paixão pelo mundo dos filmes fotográficos. 

1. Apresente-se pro povo…
Meu nome é Victor Marim, sou fotógrafo, marketeiro por formação, marido da Viviane Pettersen que é a melhor e mais gata jornalista que eu conheço e sou pai do Caio e da Manuela.

2. O que faz da vida?
Eu trabalho muito; com fotografia, com marketing e sou sócio de uma assessoria de imprensa, onde também atuo com diversos clientes ligados à fotografia.

FEIRAS & FEIRANTES3. E a fotografia?
A fotografia surgiu na minha vida quando o meu pai me deu de presente uma Polaroid Supercolor 600 no meu aniversário de 11 anos, lembro como se fosse ontem, fiquei muito entusiasmado e pra mim aquilo era magia negra! Tirar uma foto e ver na hora a imagem surgir na minha frente! Aos 18 anos, quando entrei na faculdade de propaganda e marketing, comecei a estudar pra valer e já fazia alguns trabalhos profissionalmente.

4. E a fotografia analógica?
Bom, iniciei a minha jornada fotográfica em analógico! Depois com a entrada das digitais e os cursos de fotografia que eu fiz, acabei abandonando por uns 2 anos… 2008 e 2009 foram anos totalmente digitais pra mim. Voltei a fotografar com filme em 2010 e hoje consigo produzir todos meus trabalhos autorais com filme.

5. Quais câmeras analógicas você tem?
Vamos lá… tenho a Polaroid Supercolor 600 (apelidada de Pôla), tenho uma EXIMUS, presente da minha esposa e tenho produzido bastante com ela; tenho uma La Sardina modelo Marathon, presente do meu amigo e super jornalista Fernando Costa Netto; tenho uma Canon AE-1 Program equipada com uma 50mm 1.8 (minha preferida hoje em dia), tenho duas câmeras feitas com latas de leite NAN; uma Nikon F2 e agora estou juntando grana pra comprar uma  .

FEIRAS & FEIRANTES6. Tem algum filme de preferência?
Estou usando neste momento o Reala 100 da Fuji que infelizmente não encontramos mais aqui no Brasil, adoro esse filme, e claro, o TRI-X da Kodak.

7. Tem algum estilo de preferência, dentro da fotografia com filme?
Sou apaixonado por fotos coloridas, bem saturadas e contrastadas. Fotos que tenham conteúdo crítico e de relação com o mundo, ou seja, fotografia que transmita emoção para as todas as pessoas. Quando eu vejo retratos não consigo resistir pelo menos 5 minutos olhando para eles…

8. Tem algum fotógrafo que seja referência pra você nessa área? Porque?
Com certeza fui completamente influenciado por Robert Frank e suas Polaroids. Outro estilo marcante para mim são as cores de William Eggleston… eu gosto de foto P&B, mas o mundo para mim é colorido e é assim que eu me relaciono com ele, raramente eu divulgo minhas fotos P&B. Citei esses dois por conta do trabalho incrível com as cores e pelo peso em seus trabalhos autorais.

FEIRAS & FEIRANTES9. Uma dica pra quem tá começando na fotografia analógica.
Não tenha medo de fotografar com filme, se você se dedica não precisa ter medo. Além disso as fontes de pesquisa sobre fotografia são muito ricas e esclarecedoras hoje em dia… vide o “Queimando Filme”.

10. Outra dica, pra não te chamarem de egoísta…
hahahah ok! A melhor dica que eu posso dar é ESTUDAR, LER E ESTUDAR MAIS! Nunca informação sobre fotografia será demais. Eu acho importantíssimo a gente saber de onde surgiu a fotografia, parte histórica mesmo… faz parte da formação do fotografo verdadeiro na minha opinião. Então corre para ler alguma coisa boa sobre isso!

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!