13comentários

Livros Legais: Trilogia “A Câmera”, “O Filme” e “A Cópia”, de Ansel Adams

por em 24/01/2012
 

Hoje em dia, estudar sobre qualquer assunto é moleza. Desde que inventaram essa tal de internet, você entra numa ferramenta de busca de sua preferência no Google, procura o assunto desejado, e PÃ! Tá tudo lá. Zilhões de sites, PDFs, videos e imagens. É fácil aprender sobre câmeras, sobre filmes, e sobre impressões, e assim vamos todos, lendo, lendo, vendo, vendo…

Mas pra alguns de nós, chega uma hora em que tudo isso fica meio confuso. A gente acaba querendo algo mais organizado… algo mais conciso… mais sólido… sólido? Sim! Sólido… tipo…. um livro! :-) Afinal, livro é uma coisa arcaica e decadente  linear, concisa, completa, direta. Livro é livro, e tem horas em que a internet não dá conta de substituí-lo.

LEITURA OBRIGATÓRIA!!

E, no que diz respeito a fotografia analógica, existem três livros que podem ser considerados, juntos, a bíblia do assunto… É a trilogia “A Câmera”, “O Filme” e “A Cópia”, escritos pelo genial fotógrafo e eterno professor (sim, estou babando ovo / pagando pau pro cara) Ansel Adams.

E aqui fazemos uma pausa: se você não conhece o Ansel Adams, continue lendo. Agora, se você conhece Ansel Adams, e não tem esses livros, é um mané. Pula logo pro final do post e clica no lik pras lojas.

Então, continuando. Ansel Adams foi um dos maiores fotógrafos do século XX, e era um cara muito simples, apaixonado por fotos de paisagens (landscapes) de parques e reservas naturais, principalmente do Yosemite Valley, onde (literalmente) viveu durante muitos anos.

Tio Ansel... ;-)

O tio Ansel (ele tinha a maior cara de tiozinho legal, barbudão, tipo Papai Noel… :-), além de fotografar paisagens, gostava MUITO de outra coisa, que também ocupava grande parte de seus dias: ensinar. O cara era um professor nato. Gostava de pensar na melhor forma de ensinar, explicar, espalhar seu conhecimento. Um fofo ;-)

“Mas e os livros?” Os livros foram escritos de uma forma bastante tranquila, sem prepotências, sem aquele espírito “eu sou foda, portanto leia e cale a boca” que a gente vê na maioria dos livros. O cara queria MESMO que quem lesse entendesse o que estava escrito, e por isso ele dedica páginas e páginas, desenhos e esquemas, a cada tema. Tanto que, ao invés de um livro, ele escreveu três, um pra cada perna do “tripé da fotografia”.

Enfim, os livros são pra comprar, ler aos poucos, e deixar do lado da cama pra consulta. São bons de ler do começo ao fim, são bons de ver pra tirar dúvidas, são bons pra ter idéias de novos projetos. Mas, acima de tudo, são simples, feitos por um cara que amava fotografia pra alunos que também amam.

“Mas eles são só sobre fotografia analógica?” Sim. Na verdade, eles são sobre fotografia, em um tempo em que não existia digital (a última revisão do livro foi na década de 1980). Mas nem por isso o livro tem cara de velho. A linguagem do tio Ansel é atual, legal de ler, boa pra todas as idades.

“E precisa comprar os três, assim, de cara?” Não. Pode comprar primeiro o da câmera, depois o de filme, e se quiser aprender sobre ampliação analógica, comprar o sobre cópias fotográficas. Eles são complementares, mas independentes. O que não recomendo é tentar ler fora dessa ordem, já que ele escreveu os livros como uma série mesmo. Ou seja, foi feito pra ler na ordem sugerida.

Bom, falei pra cacete já, né? Vamos aos finalmentes. Você pode comprar os livros na maioria das livrarias online e físicas. Eles são da editora Senac, que tem boa distribuição. Aqui tem um link com uma pesquisa dos melhores preços em livrarias online.

E, pra finalizar, um video sobre o tio Ansel, pra você conhecer melhor o seu nosso eterno professor.

Quer conhecer mais sobre o Ansel Adams? Entra no site oficial. Tem galerias, videos… muita coisa, mesmo.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!