11comentários

Veja como foi o 1o Workshop do Queimando Filme!

por em 05/02/2012
 

Polaroid da Turma do 1 Workshop de Fotografia Analógica Queimando Filme. Clique pra ver grandão.

Foi legal… pena que você não foi ;-)

Tá, eu vou contar como foi. Mas eu acho MUITO estranho escrever sobre um curso, pago, que eu dei. Fica parecendo propaganda travestida de post. Então, que fique claro, vou só contar as coisas legais, sem ficar babando no como o workshop foi bom pros alunos, e como você deveria ir no próximo, ok?

O Primeiro Workshop de Fotografia Analógica Básica do Queimando Filme aconteceu em um sábado, 28 de janeiro, em uma parceria super legal com a Escola Inspiratorium de Cinema e Artes. A turma, lotada, teve dez alunos, e traziam bagagens compleeeetamente diferentes entre si no que diz respeito às suas experiências fotográficas. Isso, aliás, fez o workshop ficar ainda mais dinâmico do que o planejado.

1o Workshop de Fotografia Analíogica Básica Queimando Filme

Explicando efeitos que a galera queria usar durante a saida...

A bagunça conversa começou às dez da manhã, com uma introdução minha e depois todo mundo se apresentando, pra tradicional quebrada de gelo. Depois fui falando sobre o básico do básico de uma câmera fotográfica analógica, e logo o papo descontraido começou. Tanto que a primeira parte, que era pra acabar às 12:00, só acabou às 13:00, quando a galera foi toda almoçar em uma Temakeria alí perto, na frente da ESPM. Falamos sobre câmeras, filmes, formatos, efeitos, latitude, ISO, grãos, puxadas… enfim, “de um tudo”.

1o Workshop de Fotografia Analíogica Básica Queimando Filme

Colocando um filme 120 numa Diana F+

De tarde tivemos duas surpresas. Primeiro foi o Mario Amaya, editor da Digital Photographer Brasil (que não fala só de fotografia digital, apesar do nome), que apareceu pra fazer uma visita e acabou participando de uma parte do workshop, fotografando como um louco e trocando muitas idéias.

Depois, durante a saida fotográfica, tivemos outra surpresa. No caminho para a Cinemateca Brasileira, onde fomos fotografar, passamos por um Pet Shop onde alguns gatinhos recolhidos nas ruas estavam sendo doados. Eu e minha esposa (que aliás tinha feito a primeira surpresa do workshop, se inscrevendo, e pagando! ;-) sem me falar…) acabamos adotando um, com o apadrinhamento da turma toda. Ele foi batizado de Bresson, em homenagem ao Henri Cartier-Bresson, por sugestão do aluno André Auke, e se tornou o mascote desse blog que vos fala.

Red or Blue?

Bresson, o mascote do Queimando Filme, adotado durante o Workshop, tendo a turma como padrinhos...

Na volta do passeio fomos pra revelação. Na verdade fomos falar sobrerevelação. Infelizmente só deu pra teoria (quero muito dar um workshop de revelação caseira em breve, mas por enquanto não dá…). Foi bem legal. Assistimos videos do processo, todo mundo viu que é bem mais simples do que parece (eu sempre digo isso! ;-) e ficou todo mundo com vontade de montar lab em casa.

No final, pra sair todo mundo inspirado, vimos o video da Vivian Maier que já publicamos aqui no blog (não sei você, mas eu não me canso de ver esse video ;-). Boa parte da turma não conhecia, e ficamos todos babando e nos empolgando de poder, quem sabve, tirar fotos como as dela.

Hora do Almoço!

Hora do Almoço!

Enfim, tudo terminou em cafezinho e panetone, oferecidos pela Inspiratorium, e um delicioso papo com a Vanessa e o Bruno, os donos da escola. Saimos todos com a certeza de que continuariamos nos falando… tanto que criamos uma lista no Google Groups pra alunos e ex-alunos de Workshops daqui do blog e, vou te dizer, a galera não para de mandar email! ;-)

Enfim, como prometido, não vou dizer se foi bom ou se foi ruim pros alunos. Pra isso, deixo a área de comentários desse post aberta, e vamos ver o que eles dizem, ok?

Você pode ver mais fotos do workshop aqui, no Flickr Oficial do Queimando Filme.

Abraços, e que venham os próximos!

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 14/08/2012 em 9:28 pm

    Opa, vai rolar em Campinas de novo????????? :)

    Responder

    • 14/08/2012 em 10:22 pm

      Oi Devlin! Olha, sinceramente, não sei… eu demorei três meses pra juntar apenas dois alunos em Campinas. Foi bem duro… :-( Mas tenho uma proposta pra você: porque você não faz um workshop de fim de semana aqui em SP? :-)

      Responder

  • 06/03/2012 em 12:08 pm


    O Ws 2 foi muito legal, eu e a Cibele gostamos demais, mas na nossa vez não teve café com panetone…
    Abraço!

    Responder

  • Nathalia Viccari
    06/02/2012 em 4:11 pm

    Adorei muito tudo espero com certeza o proximo workshop!

    Responder

  • 06/02/2012 em 9:08 am

    Agora você precisa vir para o interior de SP, sou de Bebedouro mas pode vir para Ribeirão Preto que já está bom, hahaha.

    Responder

  • 05/02/2012 em 7:35 pm

    Ok, faço das palavras do André Auke as minhas.

    Já possuia uma base razoável em fotografia digital, mas estava muito cru no Analógico. Resolvi fazer o WS para pegar um pouco mais de intimidade com o filme. O que posso dizer é que, além do maior objetivo ter sido alcançado, conheci pessoas sensacionais.

    Acredito que o aprendizado, em um ambiente amigável e acolhedor, se desenvolve de forma mais efetiva, sem muito esforço, ou seja, vc aprende e nem percebe, e foi isso o que aconteceu no WS. Quando percebemos o WS já tinha acabado :(

    André, parabéns pela iniciativa, pelo trabalho sensacional, com o blog e o WS. Espero que muito mais pessoas façam o WS, espero ver essa família crescer.

    Grande abraço!!
    Julio

    Responder

  • 05/02/2012 em 2:29 pm

    Poxa, que vontade que vocês me deixam! Pena que é em SP!!!
    Queria muito ir! E o Bresson? Lindíssimo! Amo gatos!
    Mas parabéns pelo sucesso! Que venham muitos ainda!

    Responder

  • 05/02/2012 em 1:35 pm

    Olha não quero dizer, mas isso está com cara de que vai virar uma grande família analógica, rs.
    O e-mails de troca de informações estão bombando. Um curso avançado sendo discutido, logo, logo quem sabe, uma saída fotográfica.
    Um Bresson como mascote, vixiiii… Isso vai para frente mesmo.
    Eu gostei muito pessoal, recomendo, principalmente para quem está morrendo de vontade de entrar na vida analógica e está com medo. É só ir lá e o André vai deixar as coisas bem claras e simples com são.
    Eu mesmo, saindo um de revelação em casa, estou dentro Xara.
    Mais um vez, parabéns pelo blog, pelo curso e pelas iniciativas…

    Responder

Deixe uma resposta para Nathalia Viccari Cancelar resposta