3comentários

O que seria das câmeras SLR se não fossem as lentes?

por em 17/04/2012
 

Coleção de lentes da Canon. Clique para aumentar.

Lentes são tipo a alma das SLR. Meio piegas, mas é verdade… São elas que definem, por exemplo, se vai dar pra fotografar aquele passarinho a 40 metros de distância, ou a pedrinha minúscula do anel que comprei pra minha namorada (#CoisaDePobre).

Cada situação pede um tipo de lente específica, e existem várias opções,  divididas em três grupos, basicamente: normais, grande-angulares e teleobjetivas.

O que diferencia umas das outras é a tal distância focal (DF), que nada mais é do que a distância, em milímetros, do primeiro vidrinho da lente até o filme.

Quanto maior a distância focal, mais perto dá para chegar do objeto, mas o ângulo de visão diminui. Quando a distância focal diminui, o ângulo aumenta e a aproximação é menor.

Diferença de alcance e ângulo de visão das lentes. Clique para ver maior.

Lentes normais têm DF entre 45mm e 55mm. São chamadas “normais” por terem ângulo de visão parecido com o do olho humano. O legal dessas lentes é que elas não distorcem a imagem, ou seja, captam a cena como a gente vê. Acho que a mais usada é a 50mm, que é excelente, além de ser uma das mais baratas do mundo. Aliás, a cinquentinha é a lente favorita do superfamoso Sebastião Salgado, sabia?

Já as grande-angulares têm ângulo de visão maior e alcance menor que o do olho humano. Você já deve ter ouvido falar nas lentes olho-de-peixe (fisheye), né? Então, elas são como “super-grande-angulares”. A principal característica delas é a distorção que produzem na imagem (linhas retas ficam curvadas. Tudo que está perto fica grande, o que está longe fica pequeno). Quanto menor a DF, mais forte fica a distorção. Podemos chamar de grande-angular qualquer lente com menos de 45mm.

Canon EF 1200mm f/5.6 L USM

No grupo das teleobjetivas (teles, para os íntimos) estão as lentes com mais de 55mm. São muito usadas por fotógrafos de natureza, de esporte, paparazzi e vizinhos tarados. As maiores permitem aproximação extrema, como se fossem binóculos, lunetas, telescópios.

As de 200mm ou mais são pesadas, tanto que muitas delas vêm com um colar para prender no tripé ou monopé. Dá pra ver isso na foto ao lado. A câmera da japinha fica pequenininha lá no fundo e todo o conjunto está apoiado no tripé pela lente. Essa aí pesa 16,5 Kg.

Tome cuidado para não confundir “distância focal” com “zoom”. Lentes zoom, são aquelas que te permitem variar a distância focal. As que não fazem isso são chamadas de lentes fixas. Uma 10-22mm, por exemplo, é uma grande-angular com zoom (varia entre 10mm e 22mm). Já uma lente 2000mm, que você pode usar até para fotografar detalhes da Lua, não é zoom, porque tem DF fixa em 2000mm.

Outra característica importante das lentes é “claridade”. Isso depende da abertura máxima do diafragma. Quando ele abre muito, tipo f/3.5 ou mais, dizemos que a lente é clara. Se a maior abertura for f/8, por exemplo, chamamos de lente escura. Geralmente as lentes claras custam mais caro, com exceção da 50mm, que pode ser achada com abertura f/1.8 na faixa entre R$ 300,00 e R$ 400,00.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 27/04/2012 em 2:15 am

    Na realidade, talvez o que tenha feito a SLR imperar sobre as TLR, e outros tipos, foram justamente as lentes. Por olhar pela mesma lente que será feita a foto, implicava que o fotógrafo sempre via a imagem igual, ou quase, à que seria fotografada.

    As TLR tinham erro de paralaxe de perto, e como trocariam as lentes de forma versátil, já que o fotógrafo olhava por uma lente e fazia a foto por outra. Imagine colocar uma 200mm? Pendurar dois “trabucos”na frente da câmera?

    Mas no outro dia pude pegar uma TLR, e achei legal, mas não é versátil como a SLR.

    Responder

Deixa aí seu comentário!