15comentários

Montando um laboratório de revelação em casa – Parte 4 de sei lá quantas…

por em 23/04/2012
 

Antes de tudo, se você tá caindo de para-quedas nessa série de posts, leia os anteriores aqui, ó: parte 1, parte 2 e parte 3.

Pronto pra ir em frente? Então vamos lá.

No último capítulo da nossa novela, contei que fiz umas comprinhas no site Freestyle. Pois bem… continuo esperando a remessa chegar. Pois é, #mimimi, tá demorando pra cacete. Mas nem por isso não temos o que falar aqui. Nesse último mês, desde que postei a parte 3 dessa série, descobri e aprendi algumas coisas que, juntas, dão um belo post, olha só!

 

Máscaara tem que ser com filtro!

Óculos basicão pra evitar respingos nos olhos

Parece luva de cozinha, mas não é… :-)

 

 

 

 

 

 

 

1. Novos ítens na lista: Máscara, Luvas e Óculos de proteção.
Segurança em primeiro lugar, né? Pois é. A gente esqueceu dos itens de proteção básicos pra quem vai revelar em casa em um ritmo amador (se for revelar com mais constância, vai precisar de mais proteçã, hein?). O amigo Alex Villegas, que revela em casa grande e médio formato, deu a dica, que repito aqui: passe numa loja de tintas qualquer e compre máscara de proteção com filtro, luvas com resistência a respingos químicos e óculos de proteção. Pelas minhas contas, não se gasta nem 10 reais nessa compra.

 

Mais caro que Angry Birds, mas bem mais útil… :-)

2. Aplicativo pra celular que dispensa tabelas de revelação.
E novamente o Alex Villegas saca (literalmente) do bolso uma dica de cair o queixo. É o aplicativo “Massive Dev Chart” que literalmente faz tudo pra você no lab. Ele te diz toda a tabela de tempos e concentrações de revelação com base no filme que você quer revelar, no químico, na temperatura.

Mas isso é só a ponta do iceberg: ele te guia por todo o processo, através de um cronômetro dividido em fases, que, através de sinais na tela, te diz até quando você deve agitar o barril e quando deve deixar ele parado! É tipo um SIRI da revelação caseira. Só falta falar. Quer mais? Ele tem tabelas até pra filmes “raros” como Lomography, Rollei, Lucky... tem opções de segurança pra labs de ampliação, com apenas luz vermelha… mas a cereja do bolo vem agora: ele está disponível pra Iphone, Android e Nokia!

Não é dos mais baratos (9 dólares / 18 reais), mas vale cada centavo, concorda?

Empolgado? Eu tô. Tanto que baixei o aplicativo só pra ficar “simulando” a revelação na cabeça ou com um pote vazio na mão! :-D

Mas tem mais. São duas dicas de livros. Uma pros que têm preguiça de ler, e não querem gastar muito, e outra pra quem quer um livro que tire todas as dúvidas sobre o filme (preto e branco, nesse caso) e a revelação.

A capa do livrinho. Pequeno, mas divertido.

3. Livro “A Poor Mans Guide To Create Your Own Darkroom” (ebook, “di grátis”)
Essa dica foi do Udayam Bassul, que esbarrou nesse ebook enquanto lia a revista Lomo Lovers que indicamos aqui. Trata-se de uma revista, na verdade, que tem só uma edição :-) Ele explica, de maneira bem simples (do jeito que gostamos! :-) como se montar um lab, como fazer uma câmera pinhole com uma lata de cerveja, e como fazer fotogramas (uma técnica sobre a qual ainda não falamos aqui no site). Você consegue ler e baixar o livrinho aqui.

Mas se você, como eu, quer mais, quer um livro que te explique desde os fundamentos de como é feito um filme fotográfico, até cada detalhe de cada técnica de revelação e ampliação

A Bíblia… amém.

4. Livro “Revelação em Preto-e-Branco”, de Millard W. L. Schisler
Adivinha quem indicou esse livro? Siiimm… Alex Villegas :-) O livro é o seguinte: uma bíblia. Não em termos de tamanho. Mas em termos de riqueza de respostas às perguntas que nos afligem. Eu ainda não o li todo (vai levar alguns meses, porque o bixinho é #denso…), mas já o folheei algumas vezes, e cada vez que folheio esbarro em um parágrafo ou uma imagem que me tiram uma dúvida, me saciam uma curiosidade, ou ensinam algo que eu nem imaginava. Enfim, vale cada centavo.

Só pra se ter uma idéia do quão rico ele é, nas primeiras 15 páginas, enquanto explica como um filme é formado química e fisicamente, ele já esclarece coisas como necessidade real e teórica do armazenamento de filmes em geladeira, proteção de filmes em raio-x de aeroporto (incluindo como identificar se o raio-x estragou seu filme), e até quanto tempo você tem que deixar ele fora da geladeira antes de colocar na câmera! Tudo isso nas primeiras 15 páginas. Imagine o que não tem nas outras 1325 páginas!

O livro é razoavelmente fácil de encontrar, apesar de constar como esgotado na editora e nas grandes livrarias virtuais. Você pode achar ele em livrarias físicas, sebos online e offline, e até no Mercado Livre. Eu comprei numa livraria perto de casa, onde nem imaginava que iria encontrar. Afinal, o livro é pra poucos, mas é de uma editora grande, a Martins Fontes. Então, mesmo que ele esteja esgotado na editora, deve ter muitos pegando poeira em livrarias por aí…

Bom, gente… por hoje é isso: nem só de químicos vive o mundo da revelação caseira, como pudemos ver hoje. Dá pra aprender, brincar, simular… tudo isso enquanto espera uma eternidade pelas suas compras na Freestyle pensa com calma sobre montar ou não um lab em casa.

Até o próximo capítulo da novela! ;-)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!