4comentários

O básico do básico sobre filtros. Aqueles vidros que a gente coloca na frente da lente…

por em 02/05/2012
 

Polarizador, Densidade Neutra, DN graduado, e o UV, não tratado nesse post...

Eu já falei aqui da Outdoor Photographer, uma revista bem legal, mas que é muito cara, e por isso ler o blog da revista acaba sendo uma boa alternativa. Pois bem, aqui está uma prova: um post bem legal sobre filtros, excelente pra galera que acha que filtro só serve pra coar café.

Respeitando a autoria do texto, vou traduzir o post na integra. Mas, como o autor mesmo destaca em alguns momentos do video (que infelizmente não tive como legendar), essa é a forma com que ELE vê esses filtros, e que acho que têm muito a ver com o uso que um fotógrafo por hobby, como nós, faria, ou faz, deles. Mas se você se interessar pelo assunto, pesquise. Existe muito material bom sobre filtros por aí…

Use um polarizador para melhorar contraste e saturação de cores

Durante o andamento dessa série de videos, eu mencionei em alguns momentos alguns filtros, e prometi detalha-los melhor em um outro video. Pois bem, aqui está ele! Nesse video, eu falo sobre três filtros que eu uso com uma certa regularidade (e que são os únicos que possuo):

Sem filtro....Com filtro

1. Eu uso um polarizador para reduzir brilhos em superficies reflexivas como água, folhas molhadas e janelas. Estas superfícies geralmente refletem a luz branca ou azul do céu. Estes reflexos podem funcionar como distrações e reduzem a quantidade de cores que poderiam ser vistas na imagem, sejam os marrons do leito de um rio, ou a as cores fortes de uma folhagem. O uso de um polarizador permitirá que essas cores se destaquem, de forma que suas fotos possuam cores mais saturadas e um melhor contraste.

[Nota do Queimando Filme: No filme abaixo ele mostra, por volta dos 1 minuto e 40 segundos, mais exemplos de imagens com e sem o filtro polarizador (que é também conhecido como “Pola”… não confundir com “Polaroid”, hein? :-)

Sem........Com

2. Um filtro de densidade neutra escurece a cena inteira sem adicionar uma camada de cor escura às suas fotos. Como eu mencionei no video da semana passada. Ele é necessário para baixar sua velocidade de obturador quando existe muita luz na sua cena pra que você tire uma foto em baixa velocidade com elementos embaçados. Você pode conseguir filtros DN com várias potências, mas eu prefiro usar um filtro de densidade neutra variável que permite que você escolha a potência, de 2 a 8 stops (pontos de luz).

[Nota vocês sabem de quem: Esses filtros são mais conhecidos pela sigla ND, de “Neutral Density”, em inglês. No filme abaixo ele mostra, por volta dos 2 minuto e 30 segundos, mais exemplos de imagens com e sem esse filtro.]

Filtro no meio...

3. Um filtro de densidade neutra graduado geralmente é usado durante a “hora de ouro” quando o ângulo baixo do sol faz com que seu primeiro plano fique nas sombras, enquanto seu fundo e o céu estão sob luz direta. Nessas situações, sua câmera pode nem sempre captar adequadamente os detalhes nas sombras e luzes simultaneamente. Usando o filtro de densidade neutra graduado, você pode balancear a exposição escurecendo as partes mais claras sem afetar a exposição das sombras.

No video, eu falo dos diferentes estilos destes filtros e das técnicas aonde você pode usa-los.

E o autor, no final do post, ainda lança um desafio: Para aprender como enviar suas fotos para concorrer a uma cópia do livro “The AMC Guide to Outdoor Digital Photography“, visite meu site:  MonkmanPhoto.com.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!