27comentários

Opinião: Porque eu prefiro uma SLR a uma Lomo/Toycamera…

por em 07/05/2012
 

 

dupla exposição com a Diana

Atenção: o post que você vai ler agora reflete a opinião do autor. Por isso o post tem “Opinião” no nome… :-) Os outros colaboradores do blog podem ter opiniões diferentes, que você pode já ter visto, ou vir a ler em outros posts do blog, ok? Opinião é que nem Olympus Trip. Cada um tem a sua…

Entrou no mundo da fotografia através da lomografia? E aí, agora que já domina essas point-and-shoot, não quer dar mais um passo? Já pensou comprar uma SLR?Fala sério, você pode comprar 300 cameras lomográficas hiper baratas e conseguir fotos que parece que acabaram de sair do instagram, para quê gastar dinheiro numa SLR?”

Para começar, será que todas as fotos “lomográficas” são, de fato, cheias de efeitos e lindinhas? Pessoal que usa Holgas, Dianas, etc, conta aqui pra nós quantos rolos você queimou em que só duas ou três fotos saíram interessantes?

SLR e filme PB

Calma lá, não sai batendo em mim! Não tenho nada contra a lomografia… eu mesmo também tenho uma Diana, com quase todos os acessórios!Então praquê essa conversa de SLR?” Bom, se você me perguntar qual eu prefiro, eu vou escolher a SLR. Lomografia é ótima, super legal, mas é limitante. Se você quer evoluir como fotografo, vai ter MESMO que adquirir uma SLR!

O pessoal tem a ideia generalizada que toda a fotografia analógica é sinónimo de bons conhecimentos técnicos. Errado. As cameras lomográficas simplificam tudo para o usuário: normalmente só têm 2 velocidade de obturador e 3 aberturas de diafragma sinalizadas como “sol”, “parcialmente nublado”, “nublado” e, em alguns casos, “pinhole”. Ótimo para aprender! Dei aulas de fotografia a alunos de 15, 16 anos e acabei sugerindo à escola que adquirisse Dianas para eles ganharem prática.

essa foi tirada com uma diana com adaptador para 35mm

Agora, se você quer desenvolver além disso, pega numa SLR. Mesmo as mais simples vão ter umas 10 velocidades de obturador, e as aberturas de diafragma irão depender da sua lente, mas de certo que serão mais do que três hipóteses! Ah, e não vão ter símbolos de sol e nuvenzinha para ajudar a decifrar o enigma. Já para não falar do foco, que na lomografia normalmente também só tem 3 posições, e você nem consegue ver pelo viewfinder o que realmente está focado ou não. Lomografia é ótima para iniciar, brincar, tem efeitos excelentes, é simples, é leve,… mas você nunca vai passar disso. Não, não estou a querer dizer que o pessoal que usa toycameras não percebe de fotografia! Tem muito pessoal que percebe MUITO de fotografia – de certeza até mais que eu. Mas este post é mais direccionado para aqueles que estão presos às definições sol/nuvenzinha e não conseguem dar O passo.

No fundo, tudo depende daquilo que você quer. Se quer ter mais controlo sobre a imagem, aposta numa SLR. Se você gosta mesmo é de disparar pro ar e ver o que sai, aí não tem muito como negociar… Mas juro que você ía adorar sentir que o resultado final foi totalmente controlado por você! O ponto forte e indiscutivel das SLRs é mesmo a possibilidade de controlar o resultado final e não esperar que alguma coisa maluca aconteça dentro da camera e uma foto de merda normal fique de babar.

essa foi com uma lente de 50mm

Sabe o que significa fotografia? Significa, literalmente, desenhar com luz. Sabe o que é um fotografo? É alguém que sabe controlar a luz para desenhar com ela. E não alguém que dispara ao acaso rezando para nossa senhora do obturador para que fique algo legal. O aspecto central da lomografia é a sua imprevisibilidade. Mas se você quer ser fotografo – no sentido real da palavra – vai ter de saber prever o resultado.

Em vez de comprar a sua 16ª toy camera, porque não apostar numa SLR? Vai lá, experimenta. Dá uma chance a elas. SLRs são nossas amigas :) e olha que em segunda mão você consegue preços realmente competitivos com a lomografia!

Essas fotos aí foi o André que me obrigou a colocar. Retratam o melhor que consegui com toycameras e com SLRs analógicas. Apesar de ter bons resultados em ambas, notam-se algumas diferenças nos registos, e na qualidade da imagem.

Agora algumas fotos minhas, com os dois tipos de câmeras:

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Marcela
    16/07/2012 em 1:02 am

    Interessante sua opinião, eu tenho uma câmera compacta (porque o preço de um SLR né…não dá pra mim) e não tenho a ambição de ser fotógrafa, expert no assunto nem nada disso. Conheci a lomografia faz pouco tempo, comprei uma Holga e para ser sincera estou amando, tenho 24 anos e nunca tinha mandando um filme pra revelação! rs. Gosto do imprevisível, de imaginar como a foto vai ficar, de comprar o filme que eu queira, de colocar o filme, rebobinar, …enfim, participar desse processo todo eu acho legal, gosto também da limitação dela (portanto apesar dos resultados com SLR ficarem bem perfeitos ou muito próximo com o que a pessoa quer, ainda sim acho que não é pra mim), eu certamente teria que fazer um curso pra manusear a câmera e fotografia pra mim é hobby, diversão, e não se preocupar muito com estética, levo dessa maneira. Não abandonei minha câmera digital, ainda uso ela bastante, principalmente quando quero deixar a foto do “meu jeito”, mas quando estou afim de apostar no acaso, vou com a lomo e me surpreendo. :)
    Em outras palavras, a digital é fundamental e a lomo mais divertida (na minha humilde opinião).

    Responder

    • Diogo G
      16/07/2012 em 7:00 pm

      Marcela, há SLRs bem simples e de certeza não seria necessário um curso para aprender a mexer nelas :-) claro que a lomografia tem todo esse lado mágico e muitas opções estéticas que as SLRs não permitem. Mas sabe bem construir uma fotografia…mesmo que seja apenas por hobby!

      Responder

  • 27/05/2012 em 4:12 pm

    Tô virando fã das SLR! Só falta possuir alguma :D hahaha.
    Vish, acho que não estou muito pra toycamera e nem sequer usei muito a minha fisheye. Que venha uma SLR pra animar!
    Ahh, queria perguntar… Vi no link de quando você começou a vender câmeras aqui no site que você comprou algumas aqui em Curitiba… você poderia me dizer o nome da loja? :C

    Responder

  • Angélica
    11/05/2012 em 8:13 pm

    Finalmente alguém falou sobre isso! Espero que as pessoas que usam apenas toycameras e ficam maravilhadas com os efeitos que por alguns fotógrafos seriam considerados erros percebam que a beleza está mesmo no limpo, no claro, no bem pensado antes de apertar o botão do obturador. Apesar disso, gosto sim de lomografia, até porque eu vejo que graças as câmeras lomográficas a geração que nasceu no mundo digital (a minha própria) começou a perceber a fotografia analógica e admirá-la.

    Responder

  • 09/05/2012 em 9:11 pm

    Ótimo post! Concordo muito, não tenho nenhuma Lomo, sempre acabo desistindo por causa do preço quando penso nas limitações dessas toy cameras.. vale lembrar que nada impede que se use o processo cruzado com câmeras SLRs, o resultado é um pouco diferente, devido a qualidade das lentes, mas as cores continuam bem “loucas” hahaha

    Responder

    • 10/05/2012 em 5:45 pm

      é isso mesmo! o pessoal às vezes não descola as toycameras dos filmes e processos “estranhos”! pode fazer experiências malucas com SLRs também :)

      Responder

  • Rose
    07/05/2012 em 9:03 pm

    Olá pessoal, sou nova aqui… Então tenho várias perguntas! Primeiro tenho uma câmera pawer shoot normal. Estava querendo comprar uma Digital NIkon L120. Semi-profissional. Dai encontrei por acaso o site Lomographya e me apaixonei achei lindas essas Toys câmeras. Estava disposta a comprar uma Holga 135BC. Então imaginando que iria apreender a tirar boas fotos e ter controle sobre a câmera. Vocês me deram um saudável dúvida. Nunca tive a oportunidade de usar uma analógica. Primeiro queria saber onde eu posso comprar as famosas câmeras SRL? Eu posso comprar o filtros para colar efeitos tipo istagram. Esses efeitos é tipos de lentes e filtros e até filmes que dão esse charme retrô é acessível onde eu posso comprar? Infelizmente não tenho tanta grana assim… Fico com uma camera SRL para iniciar ou minha Holga 135BC. Obrigada gente muito legal o site.

    Responder

    • 08/05/2012 em 9:12 am

      Olá Rose,

      Quando li o seu comentário me lembrei imediatamente disto: http://queimandofilmedotcom.files.wordpress.com/2011/11/real-world-instagram-filters-1000memories1.jpeg

      Como é explicado nessa imagem, os filtros do instagram, na realidade, seriam produto de várias cameras associadas a vários tipos de filmes e processos de revelação. Espero que isso ajude a responder a parte da tua pergunta.

      Em relação à Holga 135BC, pelo que eu percebi, a sua ideia seria aprender um pouco mais de fotografia e dar o salto para o mundo analógico, certo? Não sei se você já tem noção do que é velocidade de obturador e abertura de diafragma, mas essa Holga só tem 2 opções para cada uma destas funções, o que na realidade não te vai permitir aprender assim tanto. E não se deixe enganar pelas fotos que aparecem associadas à Holga no site da Lomography. É verdade que é possível conseguir resultados assim, mas como eu falei nesse post, o mais provável é você gastar um rolo inteiro e só conseguir umas 3 fotos legais. Eu, pessoalmente, diria para você pesquisar sobre essas 3 coisas: ISO, velocidade de obturador e abertura de diafragma. Quando você entender estes 3 conceitos, você vai saber se prefere uma Holga ou uma SLR para começar. :-)

      Local para você comprar eu deixo para os outros responderem. Eu sou de Portugal…e ainda não tenho mapa do Brasil, não. eheheh

      Responder

  • 07/05/2012 em 5:18 pm

    Comecei a fotografar am analógica com uma Holga 135BC. Gostei tanto que acabei ressuscitando uma Zenit 122 que estava trancada no armário há nada menos do que 14 anos. Tenho a Zenit, uma Spinner 360 e a Holga e, quase sempre, escolho a Zenit pelo prazer de usar uma boa lente com controle manual total. Adoro saber que, uma bela foto fi resultado 100% das minhas escolhas – começando pelo filme, passando pelas aberturas, velocidades e foco.

    Responder

  • Larice Barbosa
    07/05/2012 em 3:58 pm

    Disse tudo.

    Responder

  • Mariana Tavares
    07/05/2012 em 2:32 pm

    não poderia concordar mais com você. sou apaixonada pela lomografia pelas surpresas que ela nos traz, tenho três câmeras. mas não troco a minha nikon-f2 por nada neste mundo. foi a minha primeira câmera e com ela aprendi tudo o que sei hoje, que ainda é muito pouco. a qualidade das fotos é outra, é algo pra você pensar antes de fazer e fazer bem feito. quase uma inversão das regras de ouro da lomografia. uma me dá mais liberdade e surpresas, a outra pode me dá exatamente o que eu quero.

    Responder

    • 07/05/2012 em 5:01 pm

      exato, lomografia e slr são coisas com conceitos opostos. acho que faz todo o sentido que se experimentem as duas coisas. a surpresa e o controlo.

      Responder

      • 07/05/2012 em 5:37 pm

        Vou jogar lenha na fogueira: a melhor companheira de um dia de praia é a Diana, ou a Holga, com um filme cromo pra fazer xpro… ;-)

        Responder

        • 07/05/2012 em 5:50 pm

          não é lenha nenhuma, agente está aqui na paz! ahah lomografia com sol e xpro é uma mistura excelente! mas… uma SLR com filme PB tb n fica mal, n. abordagens diferentes, claro… :)

          poh André, não vem aqui chamar confusão pra cima de mim não!!! eu só disse que SLR é melhor para melhorar a técnica, mas não tira o lugar da estética da lomo ;)

          Responder

  • 07/05/2012 em 1:39 pm

    Aqui em BH é possível encontrar câmeras SLR por preços muito acessíveis. Uma amiga comprou uma Zenit 122 por R$70,00 no Pedro Cine Foto. Sempre que passo lá, pergunto se chegou alguma câmera interessante. Pessoalmente, prefiro as câmeras rangefinder com controle manual de exposição.

    Além disso, com a campanha #querosuacameravelha é possível ganhar uma SLR. Eu mesmo ganhei uam Zenit 122 de um amigo. Dá uma olhada na belezura: http://www.flickr.com/photos/flaviopintovalle/6890464908

    Responder

    • 07/05/2012 em 2:02 pm

      Opa Flávio! Tá uma belezura mesmo, hein? Parabéns! :-D

      Também sou fã das rangefinders, hoje em dia mais até do que das SLRs. Mas a Diana, minha toycam preferida, ainda é insuperável pra uma fotografia mais informal e experimental…

      Abs!

      Responder

    • daniel lo bianco
      08/05/2012 em 10:54 pm

      Nossa, tambem sou de Bh flavio e iniciei tem uns 3 meses na fotografia analogica comecei com uma camera promo com lentes de plastico a 2000N mas logo me interessei pelas rangefinder’s comprei uma trip35 la no pedro cine foto, mas queria mais controle foco abertura, exposição, modo bulb para fazer uns lightpainting, entao adquiri uma zenit 122 perfeita como a sua tambem la no pedro cine e foto mas saiu por 170,00 kkk, só não da raiva porque ela é linda!

      Responder

      • 09/05/2012 em 2:49 pm

        Daniel, a Zenit 122 é mesmo ótima. Uma câmera robusta, tenho a impressão que ela resiste à qualquer desafio que eu lhe impor. Tenho saído para fotografar com ela de vez em quando. Mas ainda estou me acostumando com o manejo dela.

        O preço de uma analógica depende do estado da câmera. Além disso, às vezes ela passa por uma revisão antes de ser colocada à venda. Neste caso, a hora do técnico, que não costuma ser brata, é embutida no valor da câmera.

        Ao invés de investir na compra de uma analógica, eu venho investindo na campanha #querosuacameravelha. Vem dando resultado. Neste caso, em vez de pagar pela compra de uma câmera e tenho pago pela revisão da câmera que ganhei.

        Infelizmente, algumas câmeras não tem conserto ou o conserto não compensa. O defeito mais comum que tenho encontrado é a presença de fungos na lente. A limpeza da lente não costuma ser barata pois tem que desmontar a peça para limpar cada um dos seus elementos.

        Responder

  • bethania
    07/05/2012 em 1:23 pm

    já tava de olho numa slr, agora então…
    na vdd, não tem pq ngm ficar bravo, pq as abordagens estéticas (eita) de cd tipo de camera são diferentes. eu tenho uma holga, uma la sardina e adoro as duas, mais fico irritada com esse atual ‘endeusamento’ das lomos, como se vc n fosse bom o suficiente se n tivesse uma e n ficasse sendo um babaca hipster por ai. eu comprei as minhas pq achei bonitas. e fodasse. mas tem gnt q ve ter uma lomo quase como um estilo de vida. mas essa visão estreteita faz c q vc perca mta coisa q outras cameras podem oferecer. enfim, todo radicalismo é idiota. é melhor tá aberto pra todas as possibilidades.

    Responder

    • 07/05/2012 em 4:10 pm

      concordo completamente bethania! eu não defendo “só SLR”, meu ponto de vista é “também SLR”. Aliás, penso que poderia escrever outro post dizendo “tem uma SLR? pq não experimentar uma lomo?”. eu acho mesmo que não nos devemos fechar em círculos e tendências. Cada camera tem uma abordagem e utilidade diferente. E é claro que por trás de uma lomo pode estar um fotografo brilhante, e por trás de uma SLR pode estar um banana. Como escrevi lá em cima, este post é direcionado para pessoas que começaram pelas lomo e ficaram ali meio presas e quem sabe nem tão aproveitando todo o seu potencial como fotografos porque as lomos, infelizmente, não oferecem todas as opções de uma SLR.

      Responder

      • 07/05/2012 em 5:35 pm

        “Cada camera tem uma abordagem e utilidade diferente. E é claro que por trás de uma lomo pode estar um fotografo brilhante, e por trás de uma SLR pode estar um banana. ”

        Sem mais…

        Responder

  • 07/05/2012 em 1:18 pm

    Concordo… Acho que uma SLR sempre tem um lugar na vida de qualquer fotógrafo(a). :D

    Responder

Deixa aí seu comentário!