7comentários

Qual a distância focal e a abertura de diafragma do olho humano?

por em 21/06/2012
 
Untitled

Por Beatriz Reis

Antes de tudo, vamos lembrar dos conceitos básicos:

“O f-number (também chamado de relação focal, relação-f, f-stop ou abertura relativa) de um sistema ótico é a relação entre a distância focal da lente e o diâmetro da entrada da pupila. É um número que não se refere a nenhuma dimensão, e que serve para quantificar a velocidade de uma lente.”
– Wikipedia 

Pois bem. Outro dia, durante o Workshop de Belém do Pará, um aluno me perguntou qual era o f-stop do olho humano. Fiquei com aquela cara de “ãhn?!” por alguns segundos, e depois respondi, sem a menor vergonha na cara: não tenho a menor idéia, e acho que essa informação não deve servir pra nada, na prática…

Na hora me passaram na cabeça vários motivos pra que as regras de abertura de diafragma não se aplicassem ao olho humano, e ficamos falando besteira divagando sobre isso durante alguns minutos.

Untitled

Por Diet Munhoz

Voltei de Belém, e acabei ficando com aquela coisa na cabeça. Resolvi então perguntar pro cara que mais entende desse tipo de assunto (cultura inútil) que eu conheço: o Google. E, é claro, ele tinha a resposta. Na verdade, tinha várias. E todas em lugares nos quais eu já tinha passado uma porrada de vezes, como o site PetaPixel e, é claro, a Wikipedia.

Mas vamos aos fatos: o cálculo do f-number do olho humano começa com a distância focal dele que, segundo esses caras, é de aproximadamente 22mm. A partir daí a coisa fica séria, e eu traduzo aqui o texto da PetaPixel, que por sua vez eles pegaram também de outro lugar achei! Pegaram da Wikipedia também.:

“Calcular o f-number do olho humano envolve o cálculo da abertura física e da dist6ancia focal do olho. A pupila pode chegar a uma abertura de até 6 ou 7mm, o que é a sua abertura fisica máxima.

O f-number do olho humano varia de f/8.3 em uma situação de muita luminosidade, até f/2.1 no escuro. Esse numero máximo é questionável, já que ele parece levar em consideração apenas a distância focal que leva em conta apenas os raios de luz de luz que saem do olho. Levando em conta os raios de luz que entram no olho (que é o que realmente vemos), a distância focal do olho é um pouco maior, resultando em um f-number mínimo de f/3.2″
– Wikipedia 

Não sei quanto a vocês, mas me perdi um pouco nessas questões de luz que entra e luz que sai e, apesar de sempre ter adorado ótica, nunca fui bom em cálculos matemáticos, o que me faz não entender até hoje como se calculam essas coisas. Eu só decoro aprendo os valores, as relações entre os stops, e sigo em frente. Mas o que realmente importa aqui é que agora temos valores… f/8.3 a f/2.1… hummm…. e isso é bom ou ruim? Antes de responder, vamos acrescentar mais informações:

“Observe que o cálculo da distância focal deve levar em conta as propriedades de refração dos líquidos que existem dentro do olho. Considerar o olho como se fosse uma câmera (ou câmara) cheia de ar com uma lente na frente resultaria em uma distância focal diferente e, por consequência, um f-number incorreto.” 

.

Por David Collier

Ahhh táaaa… é verdade… o olho não é uma câmera fotográfica, com ar e vidros. E isso muda tudo, né? Hummm… e dai? Bom, não quero frustrar ninguém que leu esse post até aqui, mas… não sei quanto a vocês. Mas depois de per tudo isso, cheguei a conclusão de que eu estava certo desde o começo. As diferenças entre o olho humano e as câmeras que usamos são tantas, que é irrelevante, inútil tentar saber a distância focal ou a abertura do olho humano… a não ser que você seja MUITO photography geek, e queira ficar decorando essas coisas e depois sair tirando onda por ai.

Logo, da próxima vez que me perguntarem “Qual é a abertura máxima e mínima do olho humano” eu vou responder: “Olha lá na Wikipedia que tem… mas duvido que você vá fazer alguma coisa com essa informação” ;-)

Pra ler mais sobre isso, tão aí os links relacionados:

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Daniel T.
    11/07/2012 em 11:01 pm

    Vocês já experimentaram olhar com um olho através da sua lente com distância focal variável e com o outro sem nada, para a mesma ‘paisagem’?

    Eu ajustei aqui a lente pra minha visão ficar coerente nos dois olhos e a lente estava quase em 60mm, diria uns 58mm.

    Não existe tipo uma distância focal que a gente percebe ‘a vida real’?

    Responder

  • Bianca Carvalho
    22/06/2012 em 4:42 pm

    E se a pessoa for míope, aí lascou!

    Responder

  • Paulo Barata
    22/06/2012 em 1:01 am

    E qual é a ISO do olho humano ?

    Fora a pergunta cretina, quero agradecer ao blog por ter me encorajado a voltar a fotografar com filmes. Encontrei orientação e vi que não estava maluco. Obrigado e abraço.

    Responder

  • Filipe Cardoso
    21/06/2012 em 11:21 pm

    Texto massa! Desde que comecei a fotografar tinha essa dúvida, só que de uma forma mais simples: “Qual é a ‘lente’ do meu olho?!”

    Responder

  • Joao Pedro
    21/06/2012 em 1:18 pm

    LEgal haha, desde que comecei a estudar fotografia, passei a ver meus olhos como se fossem lentes de uma câmera, que bom que não sou o único maluco do tipo kkk

    Responder

Deixa aí seu comentário!