7comentários

Tá na moda fazer seu próprio livro de fotografias… já fez o seu?

por em 07/08/2012
 

Você tira a foto, você revela o filme, você imprime a foto… ou publica no seu site, blog, flickr… e aí fica aquela vontade de fazer alguma coisa a mais. Mil idéias passam pela cabeça, a maioria malucas, como publicar seu próprio livro de fotografias…OH WAIT! Maluca, só que não!

Oh, yeah, fazer seu próprio livro de fotografia, com todo o profissionalismo de uma grande editora, é possível sim, nem que seja pra imprimir só uma cópia pra dar de presente pra sua mãe (que é sua maior fã). E isso acontece graças às “mudernidades” digitais que juntam sites e programas de diagramação molezinhas com gráficas “on demand”, que imprimem sob enconemda o que você quiser (que é a mesma tecnologia daqueles sites que imprimem camisetas, canecas e outras tralhas com suas fotos preferidas… mas aí é outra história :-)…

Todos esses livros foram produzidos por “pessoas comuns”… e ai? Vai fazer o seu?

Mas #comofaz? Moleza. Tendo as fotos, você procura um dos sites que fazem esses serviço, como o brasileiro Digipix ou o queridinho da vez, o Blurb (que eu também acho beeem mais legal que o Digipix). Os preços variam, desde R$10,00 pra livrinhos de bolso com papel comum até R$200 ou mais por livros enormes e grossos que nem tijolos. Você escolhe, você define. Portanto, o “caro” ou “barato” é bem realtivo.

Outra vantagem (ou não) é a liberdade de diagramar. Dá pra fazer scrapbooks bem cafonas até livros super clean-trend-fashin-cool-hipster seguindo a tendência Lomography de livros (não me entendam mal… adoro os livros da Lomography ;-) Só depende de você e da sua capacidade de diagramar a parada.

“Mas a parada é de qualidade mesmo?” É. Tanto que esses sites na verdade ganham dinheiro produzindo livros pra profissionais (e não pra você, seu amador pobre). Os “profissa” hoje em dia produzem books de crianças, de casamento, livros autorais… tudo usando esses mesmos sites (e outros…se você pesquisar tem mais uma penca. Mas eu acho que esses dois bastam). Ou seja, a parada é séria.

“E dá pra vender esses livros?” Hell yeah! Na Digipix não… mas na Blurb siiimmm!! Eles têm uma loja suuuper legal que oferece a quem quiser os livros que você produziu (e disponibilizou pra venda). E você pode até definir tamanhos e formatos diferentes pra quem quiser comprar escolher se quer capa dura, grande, pequeno, capa mole… e, é claro, você pode pegar esse livro e colocar pra venda no seu blog, no seu site…

E a coisa não para por aí. Esse troço de “self publish” ou “autopublicação” tá tão na moda, que tem até um site dedicado a isso se destacando entre os que curtem a parada. O Self Publish, Be Happy se dedica só a esse tipo de livro, oferecendo vários “serviços”. Ele dá uma força pros fotógrafos que eles acham mais legais, publicando suas fotos, e apresenta os livros que eles consideram os melhores desse mundo de livros “autopublicados” (afinal, convenhamos. Deve ter muita coisa de qualidade duvidosa por aí, né? ;-). E pra aparecer lá é moleza. É só enviar o seu livro pra eles avaliarem. Se eles gostarem, seu livro e suas fotos podem aparecer não só no site, como também em eventos e exposições que eles organizam.

Quer mais? Tem mais. O SP,BH tem ainda uma escola (só que em Londres ;-) que ensina a fazer um livro bem legal, um Clube do Livro, cheio de vantagens pra quem banca a anualidade e, é claro, uma lojinha online pra vender os livros que eles consideram os mais legais.

E ai, curtiu? Se empolgou? Então porque não experimenta? Sugiro começar navegando pelo site do Blurb (que é meu preferido também, #prontofalei) e começar a brincar com as ferramentas de diagramação. Não paga nada não, viu? Só paga se mandar publicar de fato.

Pra fechar, vamos ver “uns filminho”? O primeiro é da Digipix, e mostra como é moleza fazer seu livro (repara se a voz da narradora não parece a voz da Sandy!), e o segundo é um tutorial completíssimo de como fazer seu livro no Blurb.

[vimeo http://vimeo.com/35167715]

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • lorena
    23/02/2016 em 10:26 am

    oiii,

    So não entendi uma coisa, eu tenho liberdade pra revelar, imprimir, esse meu livro onde eu quiser?

    Responder

  • 15/08/2012 em 2:14 am

    Já fiz dois pelo Blurb… eles ficam bem bacanas mesmo…
    http://www.blurb.com/user/store/sapata

    Responder

  • 09/08/2012 em 11:08 am

    Nossa, cara! O que é isso? Curti muito!
    Acho que essa foi uma das melhores idéias que já li aqui. O que é difícil né, uma coisa nova e sensacional para testar a cada dia!
    Esse blog me dá uma motivação a cada manhã!
    Eu preciso fazer livros. Muitos livros. Livros pra tudo.

    Inclusive, um caderno personalizado, como sugerido pelo André no Workshop, para as anotações diárias! ;)

    Responder

  • 08/08/2012 em 12:01 am

    curti muuuito, ótima ideia de presente!

    Responder

  • 07/08/2012 em 1:20 pm

    Recomendo muito o Blurb, quando o livro chega e vc abre é lindo! O serviço de impressão e encadernação é ótimo e a entrega tb. Os caras sabem o que estão fazendo.

    Imprimi minha conclusão de curso pelo Blurb, alias a turma toda de artes visuais fez, pq era o serviço mais indicado pelos professores. [Lembrando que era o curso de Artes Visuais da Puc Campinas, outras faculdades podem não aceitar esse formato de tcc]
    Aqui o pessoal da turma postou os links dos livros, http://www.facebook.com/voertices

    Responder

Deixa aí seu comentário!