1comentário

The Afghan Box Camera Project: muito mais do que um “video legal”…

por em 22/08/2012
 

Um dos lambe-lambes afegãos…

Se você é uma pessoa “antenada com as parada”, deve ter recebido de um dos seus amigos/colegas/seguidores/seguidos/stalkers/fãs um link pro video abaixo, chamado “The Afghan Box Camera”. Ele mostra como trabalha um fotógrafo lambe-lambe (ou kamra-e-faoree, como eles chamam por láem Kabul, no Afganistão, de uma maneira muito legal, que inclui todo o processo de confecção da foto, incluindo a revelação de rua, e como ele transforma um negativo de papel em um positivo. É um processo muito parecido, se não idêntico, ao usado por lambe-lambes no mundo inteiro, inclusive os brasileiros (como os que vimos nesse video da “Câmara  Viajante“).

Lukas e Sean. Mais dois que beberam a água mágica de Viena…

Mas o video (que, se você não viu, pode ver no final desse post) não é tudo. Ele é parte de algo maior, um projeto chamado “The Afghan Box Camera Project“, que seus criadores, os austríacos Lukas e Sean (eu já falei… tem algo na água daquele país!), resumem dessa forma:

O objetivo (do projeto) é fornecer um registro da kamra-e-faoree, que é uma forma viva de fotografia e está à beira da extinção no Afeganistão.

Exemplos do trabalho.

E o site cumpre o que o projeto promete. Não só ele conta a história dessa forma de fotografia (novamente, muito parecida com a dos nossos lambe-lambe, ou até idêntica, se olharmos apenas pros fatores técnicos e tirarmos os sociais). Ele traz – além já famoso video – detalhes do funcionamento do processo, mapas de onde podem ser encontrados os últimos remanecentes dessa arte, instruções de como construir uma kamra-e-faoree, galerias de fotos feitas com essa técnica, portfolios é outras paradas legais.

Quem colabora com o projeto pode ganhar uma camiseta exclusiva! \o/

Mas a emoção não para por aí! Os caras simplesmente não tinham dinheiro pra nada disso, quando começaram. Daí eles foram naquele site de crowdfunding, o Kickstarter, e passaram a sacolinha… o resultado foi melhor do que eles esperavam! Conseguiram mais grana do que queriam, e agora estão partindo pra segunda fase do projeto: voltar ao oriente médio pra se aprofundar ainda mais nesse mundo.

Pra conhecer mais sobre o projeto, leiam a história, contada por Sean e Lukas, aqui. E pra conhecer todos os detalhes sobre o dia-a-dia do lambe-lambe afegão, seu equipamento e tudo mais, é só dar um pulinho aqui.

Agora, o video, imperdível, criado para explicar como o trabalho do lambe-lambe afegão funciona, e divulgar sua arte de rua.

E pra terminar, um pensamento que, se ainda não passou pela sua cabeça, merece passar: porque não criar a sua própria câmera lambe-lambe? ;-)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

Deixa aí seu comentário!