3comentários

Na Sua Bolsa #09: Dimitri Gobo

por em 08/09/2012
 

Sábado de feriadão… a galera viajando… e a gente aqui postando mais um Na Sua Bolsa praqueles que ficaram em casa ler (e quem sabe mais alguns lerem nos dias seguintes ;-). O nosso convidado de hoje é o Dimitri Gobo. Fala Dimitri!

Oi, meu nome é Dimitry Gobbo. Sou meio digital, meio analógico e tudo se completa na bolsa.

Sempre gostei de fotografia. Quando era criança, via meu pai com aquela Praktica (a mesma da foto) fazendo milhares de fotos, pedindo pra eu e meu irmão fazermos as poses, e ficava maravilhado com tudo aquilo. Queria estar ali, atrás da câmera, vendo o que ele via, o que ele sentia quando estava com a câmera na mão.

O tempo passou, eu cresci e comecei a estudar (por conta própria) sobre fotografia, composição, filmes, equipamentos sem nem se quer ter máquina para colocar tudo em prática. Foi aí que me surgiu a idéia: “Pai, onde está aquela câmera antiga que o Sr. usava pra fazer umas fotos da hora, aquela SLR?” e ele me mostrou que estava no guarda-roupas, bem cuidada, em uma maleta de aluminio, toda com espuma, e tudo muito bem limpo. Peguei a câmera, dei uma geral na lente, comprei baterias, filmes e saí pra fazer umas fotos. Essa câmera é a Praktica que aparece ali, no canto direito da foto. É uma MTL50, mount M42. Tinha uma lente Pentacon 1.8/50 e agora adquiri uma Quantaray (Sigma) 28mm f/2.8. Alguns meses depois, comprei uma digital (Canon T2i) com a lente do kit e uma 50mm f/1.8 II.

Certa vez, fui pra casa da minha avó, ela me viu com a câmera antiga do meu pai e disse: “Nossa, eu tenho uma antiga aqui também. Eu acho que funciona.” e surgiu essa bela Trip 35.

Quando vou sair pra fotografar, sempre levo a T2i com as lentes e a Praktica na mochila (hora pronta pra clickar, hora sem filme) e as vezes saio com a Trip 35 na mão (gosto da Trip por ser uma câmera intuitiva, rápida e pequena (leve ela não é), levo uma bateria extra pra T2i, um pote de filme vazio e alguns filmes reserva. Ultimamente, tenho clickado bastante preto e branco, por isso o HP5 Plus e o Acros 100 na reserva. Também sempre tenho comigo protetor solar, cabo disparador (digital e analógico), alguns filtros (que uso menos do que gostaria), adaptador M42 -> EOS e kit de limpeza para lentes (flanela e bomba de ar).

Belo conjunto, Dimitri! Câmeras de família sempre vêm cum um enorme valor afetivo, e tornam a fotografia ainda mais gostosa… ter duas câmeras de família então é mais legal ainda! Parabéns! ;-)

E se você ainda não mandou seu “Na Sua Bolsa”, mande logo! Tá esperando o quê? ;-)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!