2comentários

Sites Legais: The Mijonju Show!

por em 16/09/2012
 

the mijonju show

Quanto eu tô afim de aprender um pouco mais sobre fotografia, e rir muito, Minju Munju Munji Mijonju é o cara. Ou é o canal. Literalmente o canal. Isso porque ele até tem um site, chamado Circle Retangle, onde escreve do jeito tão escrachado que fala, mas não é nem de longe tão divertido quanto seus videos, disponíveis em seu canal “The Mijonju Show” do YouTube.

E o que tem de tão divertido? Ele. Simplesmente quem (ou o quê) ele é. Ele não é, nem tenta ser humorista. Ele é só um cara que é divertido de se ter por perto. Um cara que você gostaria de ter na sua mesa de boteco pra bater papo por horas.

Michel Mijonju Jones, que se autodenomina “traficante de drogas fotográficas” no Facebook, mora em Tokyo, Japão, e fala inglês fluente, ou quase, em seus videos, gravados geralmente na frente de uma parece verde claro com mancha de infiltração. Ele também fala outras quatro linguas, inclusive cantonês e italiano, mas isso não vem ao caso.

Mas não se enganem. Mijonju também é um cara trabalhador. Ele é fotógrafo profissional, nascido em uma família de fotógrafos e artistas plásticos, e tem um portfólio bem legal.

Mas vamos voltar ao Mijonju do YouTube. Se você tá com a leitura dos posts do Queimando Filme em dia, leu o post onde falamos da maior coleção de filmes virgens do planeta, lembra? Então… aquele maluco que fez o primeiro video é ele. Mas, diferente daquele video, a maioria dos que ele faz são (no que parece ser) em casa.

Esse video (abaixo) é um belo exemplo do estilo dele. Ele passa um minuto dando a dica “em si” que é “leve um paninho com você quando for comprar uma câmera usada”, e mais SEIS MINUTOS dando exemplos nojentos e hilários de como a câmera pode estar “infectada” quando você pegar nela na loja…

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=tTm470NNmn8]

Nesse outro ele fala de uma penca de coisas, e é um tipico video dele.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=JtDgnfAV-8k]

Os videos não tem nem dia nem hora pra ir ao ar… basicamente ele filma quando tem alguma coisa pra falar. E outro charme deles é a musiquinha de abertura, que “canta” o slogan dele:

“Eu gosto de câmeras como um gordo gosta de bolo de chocolate”

;-)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!