7comentários

Escolhendo o melhor filme pra cada situação – Parte 1: Preto e Branco

por em 15/10/2012
 

O texto é bastante rico, e em alguns momentos pode parecer técnico ou avançado demais. Mas não se preocupe. Se for algo complicado porém importante de ser entendido, você verá algum link ou alguma nota de rodapé minha pra te ajudar. 

Outra característica do texto é a de que ela fala para profissionais. Ou seja, por exemplo, a abordagem dela sobre filmes instantâneos é bem diferente da que temos aqui, como amadores. Profissionais usam instantâneos (Polaroid / Instax / Impossible) pra prever cenas que vão fotografar “de verdade”, com filme, depois. Amadores… bom. A gente fotografa tudo o tempo todo com o que derem pra gente usar, né? ;-)

Imagem em Slide PB por Emily Taliaferro Prince

Mas, enfim, vamos ao texto da Diana.

Hoje vamos ver alguns diferentes tipos de filme feitos para propósitos e efeitos diferentes, desde filmes preto e branco, passando por negativos coloridos, até slides/cromos.

Como qualquer outra coisa nesse mundo, cada filme tem seus prós e contras e qual você vai escolher depende do seu objetivo, o resultado final que você tem em mente, assim como o seu gosto pessoal.

Filmes Preto e Branco Pancromáticos:

O filme PB pancromático, também conhecido como filme Pan, é sensível a todas as cores do espectro visível assim como ao ultravioleta durante o processo de fabricação. Filmes Pan produzem fotos com mais tons de cinza em uma sensação mais realista das cores originais.

Imagem em PB pancromático por aj victorio

Filmes PB de uso geral estão disponíveis em velocidades que variam de ISO 25 até ISO 3200, sendo que os filmes mais lentos produzem grãos mais finos e melhor gradação tonal. Filmes lentos também permitem que você use velocidades mais baixas de obturador para efeitos de movimento.

Filmes de ISO 400 oferecem um bom meio-termo entre velocidade, grão e resolução, e pode ser entendido como a melhor opção para uso geral em diferentes condições de luz. O 400 apresenta alguma granulação quando as fotos são ampliadas acima de um certo tamanho, especialmente em áreas de tonalidade planas, como céus claros e mares calmos. Mas a quantidade de grãos visíveis vai depender também de como o filme foi revelado.

Para os melhores resultados em termos de qualidade de imagem e resolução, é melhor fotografar com filmes mais lentos (de ISO mais baixo) se a luminosidade local permitir. Se você geralmente fotografa em condições de pouca luz, objetos se movendo rapidamente, ou com lentes teleobjetivas é melhor usar filmes rápidos (de ISO alto) já que eles permitem que você use velocidades de obturador mais altas.

Imagem em PB ortocromático por Georg Sedlmeir

Filmes Preto e Branco Ortocromáticos:

O filme ortocromático é um tipo de filme mais antigo que se diferencia do pancromático por ser mais sensível aos azuis e aos verdes, menos sensíveis aos laranjas, e de certa forma insensíveis ao vermelho no final do espectro (próximo dos 590nm).

Isso pode ser problemático em várias situações, já que qualquer cor esverdeada em uma cena vai parecer pálida, azuis vão parecer brancos, e vermelhos vão aparecer realmente escuros, quase pretos, nas imagens finais. Esse tipo de filme está disponível principalmente na forma de folhas (grande formato) e é  bastante útil para se copiar impressões em preto e branco ou desenhos monocromáticos. Ele também pode ser manipulado com segurança em um laboratório com o uso de luz vermelha.

Filmes orto que são igualmente sensíveis a verdes e amarelos são conhecidos como Isoortocromáticos

Filmes Preto e Branco Isocromáticos:

Filmes PB isocromáticos ficam em algum lugar entre os filmes ortocromáticos e pancromáticos. São altamente sensíveis aos violetas e azuis, têm sensibilidade média para amarelos, uma sensibilidade levemente menor para verdes, e uma sensisibilidade ainda mais baixa para vermelhos profundos.

Um filtro amarelo, ou laranja, pode ser necessário para corrigir a resposta do filme aos tons laranjas/vermelhos do fim do espectro. Filmes PB isocromáticos podem ser manuseados em laboratórios em segurança sob luz vermelha.

 

PB Cromogênico por Werner Wittersheim

Filmes Preto e Branco Cromogênicos:

O filmes PB cromogênico é um tipo de filme negativo que contém tinturas junto com as emulsões, o que permite que ele forme imagens com tonalidades púrpuras ou marrons na imagem final depois de revelados.

O processo de revelação desses filmes é chamado “cromogênico”, e durante ele todas as moléculas de prata são lavadas e a tintura toma conta das áreas correspondentes.

O PB cromogênico é mais tolerante a exposições super ou subexpostas, principalmente superexpostas. Uma desvantagem porém é o grão mais suave e nitidez contraste levemente mais pobres.

Litogravura por Erin Williamson

Filmes Preto e Branco para Litografia/Fotolito:

São filmes de alto contraste que geram imagens em preto e branco com pouquíssimos, ou nenhum, cinza entre o preto puro e o branco puro. Por causa do material de altíssimo contraste utilizado, as exposições devem ser feitas com muito cuidado e acuracidade. Por isso é uma boa idéia fazer fotos utilizando filmes normais e só então aplicar a imagem no filme para Litografia/Fotolito.

O uso desses filmes é ainda uma ótima forma de se copiar impressões e desenhos monocromáticos. Eles são geralmente filmes lentos e produzem imagens de grão bem fino.

 

Slide PB por sludgegulper

Filmes Preto e Branco Slide:

Filmes slide são reversíveis nos quais a imagem em positivo (ao contrário dos negativos) se forma nos filmes. Isso permite que você veja as imagens utilizando projetores. Filmes slide são principalmente encontrados em cores, apesar de alguns poucos preto e branco ainda existam. Com slides preto e branco o resultado final é uma imagem transparnte monocromática.

Devido a dificuldade de se encontrar esse tipo de filme, foram desenvolvidas formas alternativas de se conseguir este resultado utilizando kits químicos especiais vendidos por alguns fabricantes feitos pra se reverter filmes negativos comuns ou tirando a saturação das cores de um filme slide colorido.

De qualquer forma, uma coisa pra se ter em mente quando se fotografa com um filme slide é de que a exposição (fotometria) da foto deve ser feita com exatidão, já que existe pouco espaço pra manipulação e ajustes durante a revelação.

Filmes Preto e Branco Instantâneos:

Existe uma quantidade limitada de filmes instantâneos preto e branco tanto em termos de marcas quanto em termos de velocidade. Esses filmes são usados geralmente como forma de se pré visualizar a luz e a composição  de uma determinada cena, para que depois esta seja fotografada com filmes regulares. Filmes instantâneos são geralmente mais caros do que filmes regulares, e a expectativa de vida das imagens impressas bastante curta.

E ai? Curtiu? Amanhã tem mais, falando sobre filmes coloridos, e a conclusão da autora!

 

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!