6comentários

Fazendo uma mesa de luz em casa, no jeitinho brasileiro…

por em 27/11/2012
 

Quem não sabe a importância de se ter uma mesa de luz em casa, pode entender vendo esse video. Quem sabe, e ainda não tem uma, deve ficar se perguntando qual a forma mais barata de se ter uma.

Pois bem. Eu adoro uma gambiarra. E como a necessidade faz a criatividade florescer… arranjei um jeito de ter uma mesa de luz simples e fácil de fazer.

Como eu fiz? Simples! Veja o que usei

  • contact, estilete, espátula, luminária Mesa de tampo de vidro que tenho em casa, mesmo jurando que nunca teria uma depois de ter quebrado a que tinha na casa da minha mãe
  • Vinil adesivo branco leitoso (contact mesmo! Você compra à metro em qualquer papelaria)
  • Estilete
  • Tesoura
  • Espátula ou pano pra ajudar na hora da aplicação
  • Luminária pra colocar em baixo da mesa

Pegou tudo? Pediu pra dono da mesa pra usar? Então vamos lá!

  1. Corte o vinil adesivo no tamanho do espeço que você vai usar da mesa.
  2. Limpe bem a superfície o vidro com álcool, não pode ficar nenhuma gordura, marca de dedo ou poeira.
  3. Pra ajudar a colar o adesivo e não ficar com bolhas, umedeça um pouco, é pouco mesmo, o vidro com água e detergente, porque ele ajuda o adesivo a deslizar e esticar, mas não é obrigatório
  4. Comece a colar o adesivo no sentido que achar mais confortável
  5. O tampo da mesa de luz tá pronto! Eba!

luminária embaixo da mesaOpa! Peraí… mas não terminou? Não! Tem a parte da luminária, né?

A que usei é daquelas que tem um clipe pra segurar na beirada da mesa. Coloque ele embaixo da mesa, direcionado o foco de luz para a parte de baixo do tampo da mesa já coberta. Pra dar uma firmeza maior, coloquei um pedaço de E.V.A. no clip da luminária pra não cair.

mesa de luz com negativos e diapositivos em cima

E aí está a mesa! Prontinha!

O resultado não é algo de excelente resolução, mas facilita muito na hora de selecionar as partes do filme que serão cortadas e escolher as imagens que serão ampliadas, digitalizadas ou só pra matar a curiosidade de como ficaram antes de decidir o que fazer.

E aí? Fácil?

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!