6comentários

Uma “Lente com Alma”…

por em 08/01/2013
 

Outro dia o leitor Igor Lins mandou uma dica fantástica, que vou compartilhar com vocês. É que aparentemente, eu juro que não sabia que isso existia, existem algumas lentes que são chamadas de “lentes com alma”. 

Essas lentes ganharam esse apelido por apresentarem “efeitos” (na verdade defeitos óticos, se formos bem caxias) que a tornam únicas, e ele lembrou delas ao ver aquele post (que bateu réeeecordes de acesso aqui no QF) sobre a lente Canon f/1.0.

Por Tania S. Clique pra ver em tamanho maior (e ver o efeito com mais clareza)

Aparentemente a lente mais conhecida dessa “família” é a Helios 40-2 85mm com f/1.5, conhecida por poder ser encontrada em algumas câmeras Zenit, ou em sites de venda de equipamentos no exterior.

O grande lance dela é que ela faz um bokeh muito doido, que forma uma espiral pro centro (a foto ao lado é a que melhor mostra isso das que vi). Ou seja, a lente distorce o círculo de confusão da imagem desfocada, como se houvesse uma… sei lá… uma força centrifuga girando a luz e empurrando os circulos pra fora..

Gostou? Existe um grupo no Flickr dedicado somente a fotos com essa lente. Dá uma olhada aqui.

Enquanto isso, mais alguns exemplos abaixo:

imm020_18A

Por Maciej J. Miller

imm019_17A

Por Maciej J. Miller

Untitled

Por Bensan94

Christmas at Gore Park

Por Rafael Ferreira

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Maria
    15/01/2013 em 7:42 pm

    Por incrível que pareça, as objetivas de IPhone costumam dar o mesmo efeito, ou pelo menos bem parecido…até que é um quebra-galho bacana, rs.

    Responder

  • 08/01/2013 em 8:49 pm

    Obrigado por postar minha foto como exemplo. A Helios-40 é uma das lentes que realmente tem o que eles chama de “magic lenses”, ela é uma cópia da biotar 75mm f1.5 citada acima, com algumas modificações, e feita na Rússia. As duas exibem esse bokeh único por causa na verdade de um astigmatismo, o que deu fama as mesmas. Outras lentes que eu posso destacar como únicas nesse aspecto de profundidade de campo sao a Minolta rokkor 58mm f1.2 e a Meyer Trioplan 100mm f2.8. Abracos

    Responder

  • 08/01/2013 em 6:05 pm

    Esse efeito se chama “swirly bokeh” (nao se chama, né? as pessoas deram esse apelido). Tem um grupo no flickr so com imagens assim: http://www.flickr.com/groups/swirlybokeh/

    Aparentemente é uma caracteristica de todas as Helios 44M-X, embora eu nunca tenha observado isso na minha (44M-6).

    A Helios é dita como a Biotar soviética (mesmo projeto otico, etc). Sera que a Biotar tem essa mesma caracteristica ou é uma particularidade do cristal usado na lente?

    Responder

  • Silvano Rocha
    08/01/2013 em 1:46 pm

    Show de bola André, a tão conhecida Helios 44M-4 também faz esse efeito mais claro que eu proporções menores e nas FF, na Canon cropada ela perde esse efeito por conta do sensor cropar. Essa foto da minha esposa eu fiz com a helios na Zenit 12xp e Fuji 200 http://www.flickr.com/photos/41853805@N07/8361862640/

    Responder

Deixa aí seu comentário!