0comentários

Onde os fracos não tem vez: Como abrir sua Lomo LC-A

por em 15/01/2013
 

Foto acima: A Laranja Mecânica do Yamaggio!

Este post foi publicado originalmente no antigo blog Lomobr.com.br, da lista lomobr no yahoo (saiba mais sobre a lomobr aqui), que como foi largado às moscas vai ter seu conteúdo republicado aqui no queimandofilme, com as devidas autorizações, é claro! Como eu publicava coisas lá, estou me autorizando a republicar os meus antigos posts. Mais ou menos isso.

Bem, fuçando a internet nos primórdios da lomografia, me deparei com um blog que tinha um guia passo-a-passo mostrando como abrir sua Lomo LC-A para efetuar pequenos reparos, ajustes, lubrificações, entre outras maluquices com a coitada da câmera aberta.

A minha LC-A de 1985, tinindo como nova!

Como a minha precisava urgentemente de um carinho por culpa de alguns parafusos soltos, peças afundadas, além de uma alavanca de rebobinamento quebrada e um botão disparador zoados, resolvi usar o dito cujo e realmente deu tudo certo. Desmontei as partes necessárias, dei um grau de grafite onde podia, troquei as peças e renovei os parafusos. A bichinha ficou como nova, praticamente!!

Fica a dica, pra quem é mais corajoso e quem quer desmontar a bichinha pra customizar mais, trocar as cores, etc.

Antes tenho que rezar a ladainha:

  1. Tá em inglês. Só pra facilitar;
  2. É por sua conta e risco;
  3. Pode não resolver nada. Mas é melhor que jogar ela no chão;
  4. Pra que fazer isso, realmente?

Aí é só seguir o link e o passo-a-passo neste site: Abrindo a LCA.

É importante lembrar que isso é uma das coisas mais arriscadas que você pode fazer com a sua LC-A? Tome cuidado, como um amigo meu sempre diz, parece que as partes internas da LC-A são coladas com cuspe, qualquer coisa saem do lugar!

Mas falando sério, as vezes alguma coisa simples tá emperrando, ou os parafusos da sua estão meio frouxos.

Enfim, sempre tem algum motivo muito bom pra você saber como dar um trato na sua câmera antes de gastar uma fortuna com manutenção. Lembre-se, avalie os riscos sempre! Agora, se estragar a sua, não diga que não avisei…

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!