8comentários

Quem não tem “capuchão” caça com casaco preto mesmo…

por em 22/01/2013
 

Hoje vamos falar de moda a serviço da fotografia!

Ué? Mudou o foco? Não, estou falando de usar, como sempre, do improviso e da criatividade que não nos falta para fazer um changing bag ou “capuchão” ou para os íntimos saco preto de baixo custo. Já falamos desta peça estranha, mas muito útil, aqui no Queimando Filme. Se nunca ouviu falar disto vai lá e lê o post, eu espero…

[pausa pra esperar a leitura do outro post… lá…lalalaláa…lalaláaaa…]

Voltou? Ótimo! Então, como eu nunca achei um pra comprar e estes sacos pretos estão cada vez mais virando item de colecionador. Eu resolvi o problema usando o meu fiel companheiro, o casaco preto, que me acompanha nesta jornada desde 1997. Um clássico nunca morre! Hehe!

O que precisa:

  • Casaco preto ( tem que ser preto? Sim, pra evitar ao máximo a passagem de luz).
  • Lacres, também conhecidos como fita hellerman ou como meu pai chama, enforca gato. OBS: Não use isto pra maltratar nenhum bichinho, ok?
  • Tesoura

Mas daí você me diz que tá vendo nas fotos (abaixo) que tem mais coisa. Pois é, são as coisa que serão usadas dentro do saco preto. Neste caso uma bobina de filme vazia e uma cheia e um rolo de fita adesiva, porque vou fazer um filme redscale caseiro. Pode ser usado pra fazer desenhos na película com caneta marcador permanente ou ainda lixar a película pra ter aqueles efeitos raspados que vamos por aí.

Como eu fiz:

  1. Peguei o casaco e abri ele na cama, mas pode ser na mesa.
  2. Peguei os lacres, que neste caso usei ao todo 3 (1 pra gola e uni dois pra parte de baixo do casaco)
  3. Prendi primeiro a parte de baixo e puxei bem as pontas dos lacres. Tem que ficar bem preso e firme par não passar luz.
  4. Depois prendi a parte da gola do mesmo modo. Atenção pra não prender o zíper, você vai usar ele daqui a pouco.
  5. Abri o zíper e coloque os materiais lá dentro e fechei. Verifiquei se não tem nenhum ponto aberto por onde passa passar luz e estragar o trabalho.
  6. Se achar necessário, você pode passar uma fita preta e prender zíper, vedando. Eu não uso, mas é só porque eu gosto de uns ligthleaks (vazamentos de luz pra dentro do filme virgem).
  7. Terminou? Abra o casaco, retire tudo que estava lá dentro e pronto!
  8. Se quiser reutilizar o casaco, basta cortar com cuidado o lacre, vestir o casaco e sair por aí.

Outros materiais que podem ser utilizados pra fechar as extremidades:

  • Fita adesiva tipo Silver Tape (não recomendo, deixa resíduo, mas o casaco é seu, e eu não ligo!)
  • Barbante
  • Linha de crochê
  • Fita de cetim
  • …e o que sua criatividade mandar, ok?

E agora, o passo-a-passo ilustrado. Você pode ver tudo aí embaixo, ou clicar na primeira e ir navegando, com as fotos em tamanho maior.

 

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Leonardo
    05/06/2016 em 3:34 pm

    Antes de entrar no quarto é só trocar a lâmpada normal por uma lâmpada vermelha, q vc compra em qualquer casa de matérias elétricos/construção, nos labs usam muito a luz vermelha q não interfere na revelação, ela não queima o filme, lógico q o quarto tem q ser selado, nem precisa pintar o quarto de preto, basta colocar cortinas escuras

    Responder

  • Agatha
    04/04/2013 em 12:22 pm

    Fiquei com uma dúvida. Os casacos, mesmo pretos, tem seus “furinhos minúsculos” do tecido. Não correria o risco de estragar o filme por culpa desses furinhos? Também costumo usar a ideia da Thais de entrar no guarda-roupa (kkk), mas meu quarto, mesmo a noite, é muito claro ¬¬’. Vou tentar fazer um e revelar com café e ver como fica ^^. Outra coisa, onde posso encontrar (aqui no brasil e de preferência em loja física) o tanque de revelação? Obrigada.

    Responder

    • 04/04/2013 em 9:11 pm

      Olá, Agatha! Talvez seja uma particularidade do meu casaco, mas não preciso entrar em nenhum guarda-roupas para suar ele como capuchão. Claro que tomo uns cuidados: deixo o lugar com pouca luz, prefiro fazer as coisa no início do dia (sou madrugadora, hehe) ou no final da tarde. de resto, não tomo maiores cuidados. É sempre bom lembrar que eu gosto dos “defeitos” que aparecem nos filmes. Se acha que seu casaco pode vazar luz, acrescente um saco de plástico preto ao casaco, Isto pode minimizar os riscos de vazamento de luz. =D

      Responder

  • 22/01/2013 em 2:41 pm

    Quando preciso abrir a câmera ou puxar;empurrar o filme, costumo “entrar” no guarda roupa (as ventagens de ser pequena!hahahaha). Mas prefiro sua ideia do casaco!

    Responder

  • 22/01/2013 em 2:35 pm

    André !!! O saco preto e muito fácil de ser encontrado no ebay existe 3 tamanhos S (pequeno) , M ( médio ) , L (grande) e custa em media 20 dólares … Comprei o meu no ebay tamanho grande …
    Há também uma variação chamada de charging tent que e tipo uma barraca de camping , tem aqui o link para os 2 modelos :
    Saco preto: http://www.ebay.com/sch/i.html/?_nkw=film%20changing%20bag&redirect=mobile
    Tipo tenda : http://www.ebay.com/sch/i.html?_nkw=film+changing+tent&_frs=1

    Responder

    • 22/01/2013 em 4:08 pm

      Opa Armando! Eu também tenho o meu :-) Comprei na Freestyle. A Andrea, que escreveu o post, se referiu a dificuldade de achar no Brasil, principalmente aos que ainda não curtem compras pela internet… :-D

      De qualquer forma, obrigadíssimo pelos links! :_D

      Responder

      • Andrea Xavier
        23/01/2013 em 11:05 am

        Só pra constar: eu sou aquele ser alienígena que não faz compras pela internet, não tem cartão de crédito e não tinha conta em banco até o mês passado… =D

        Responder

Deixa aí seu comentário!