6comentários

Aprendendo a falar a língua da Leica

por em 29/01/2013
 

Eu ia chamar esse post de “Aprendendo a falar Leiquês” ou “Leiconês”, mas achei que ninguém ia entender nada… ;-)

Bom, é o seguinte. Um cara chamado Thorsten Overgaard, muito gente boa, resolveu compilar numa página do seu site o significado de várias palavras (ou nomes) utilizada pela Leica em suas famosas câmeras. Portanto, se prepare que, depois de ler esse post, você vai poder sair por aí tirando onda conseguir entender tudo que os Leicamaniacos falam em suas conversas… ou pelo menos entender parte do que eles falam :-P

P.S: Aos Leicamaniacos, não briguem comigo se algo estiver errado. Reclamem com o tio Thorsten, ok? ;-)

  • Leica – Palavra composta derivada de “Leitz” e “Camera”. Aparentemente era pra ser originalmente LECA, mas outra fabricante de câmeras já tinha um nome semelhante na França. Então eles incluiram o “i” pra evitar confusão.
    url-2

    Uma das Summicron…

  • M”X” (Câmeras, como em Leica M3, M6, M9…) – Abreviação pra “Messucher” que significa “Viewfinder” em alemão. Já o “3” na M3 foi escolhido por causa dos três indicadores no visor, pra elntes de 50, 90 e 135mm. Depois disso os números (M4, M5…) foram sendo usados mais ou menos pra criar uma sequência de câmeras, como indica a sequência dos modelos:M3 – MP – M2 – M1 – MD – MDA – M4 – M5 – CL – MD-2 – M4-2 – M4-P – M6 – M6 TTL – M7 – MP – M8 – M8.2 – M9 – M9-P – MM – ME (Type 220) – Leica M (Type 240)
  • Summar, Summitar, Summarex, Summaron, Summarit, Summicron e Summilux (Objetivas) – A origem da palavra/nome Summar é desconhecida, mas ela gerou uma série de derivações. A primeira da famíliam com o nome original, foi a Summar 50mm f/2.0 de 1933, seguida pela Summitar (f/2.0 em 1939), em seguida pela Summarex (f/1.5 em 1948), a Summaron (35mm f/2.8 em 1948, e depois as lentes f/2.0, f3.5, e f/5.6). Depois veio a Summarit (f/1.5 em 1949 e depois usado novamente pra 40mm f/2.4 na Leica Minilux de 1995, e novamente na 35mm, na 50mm, na 75mm e na 90mm Summarit f/2.5 de 2007), a Sumicron (f/2.0 em 1953) e finalmente a Summilux (50mm f/1.4 em 1959). Ufa!
  • Noctilux (Objetiva) – Se refere a abertura máxima da lente (aqui sendo f/1.0). “Nocti” de noturno, “lux” de luz. A Leica Noctilux 50mm f/1.0 é famosa por permitir ao fotógrafo fazer fotos mesmo em ambientes iluminados somente à luz de velas.
  • Uma Noctilux...

    Uma Noctilux…

    Elmax (Objetivas) – Elmax = E. Leitz + Max Berak. Ernst Leitz foi o fundador da Ernst Leitz Optical Industry que mais tarde se tornaria a Leica. Já o professor Dr. Max Berak foi um funcionário da Leica em 1912 e foi o arquiteto das primeiras lentes Leica.

  • Elmar (Objetivas) – Assim como as Elmax, homenageiam os seus criadores.  As Elmar sucederam as Elmax, que eram muito complicadas e caras de se fabricar.

E ai, curtiu? Quer mais? Então fica de olho no site do cara, que – como ele mesmo diz – essa lista é um “work in progress”,  e em breve ele deve acrescentar umas coisas novas.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • fl00de
    31/01/2013 em 5:35 pm

    ..

    Legal!

    Uma dúvida: Não seria Messsucher ao invés de Messucher? Como em Messsucherkamera.

    Messsucher em alemão não seria telêmetro ou rangefinder em inglês?

    Site simpático

    Responder

    • 31/01/2013 em 5:38 pm

      Ótima pergunta… olha como o cara que escreveu o texto original coloca:

      “… stands for “Messucher”, which is German for “Viewfinder”. The “3” in M3 was chosen because of the three bright line finders for the 50, 90 and 135 mm lenses. Later the numbers of the M cameras were more or less chosen to follow each other.
      “Meßsucher”. It is always correctly written with the “ß”. There are technically not three “s”, rather the “ß” and one “s” because it is a word constructed by the combining of two precise words.

      Se é isso mesmo eu não sei, porque não falo alemão… ;-)

      Responder

      • fl00de
        01/02/2013 em 9:08 am

        ..

        =)

        Sim, eu dei uma olhada lá antes de escrever.
        Sucher é o viewfinder e Messsucher é o rangefinder em alemão.

        Mess ou melhor, Meß em alemão: measurement

        Quanto ao ‘ß’ muitas vezes quando não há suporte para esse caractere substitui-se por ‘ss’ (esse é o som do ‘ß’)

        Responder

  • 29/01/2013 em 10:30 pm

    Excelente esse post!
    É o sonho de todo fotográfo uma Leica, mas precisar estudar bastante e enteder essa câmera antes de tê-la.

    Responder

  • Diego
    29/01/2013 em 12:18 pm

    Pronto!! Só me falta ($$$ pra) comprar uma!!! Conhecimento já tô adquirindo!!!

    Responder

Deixa aí seu comentário!