11comentários

Conhecendo por dentro a Polaroid SX-70, a mais famosa da família

por em 15/02/2013
 

Taí um video que é mais útil do que parece. Pra quem assiste só os primeiros (dos mais de 9) minutos, fica parecendo um video de divulgação “comum”, sem grandes informações. Mas quem tem paciência chega lá…

Captura de Tela 2013-01-28 às 14.38.37Pouco antes dos dois minutos de video (mais especificamente aos 01:55), começa a parte boa: o video começa mostrando como você usa a câmera, e depois vai além, mostrando como ela funciona por dentro, o que por si só já é legal, mas é mais legal ainda, porque isso é, basicamente, como qualquer câmera Polaroid funciona por dentro (tirando as questões de fole/sanfona e espelhos, que as mais modernas, de plástico, não têm).

Mas voltando a câmera, é impressionante ver como essa Polaroid, que foi a primeira portátil, e é até hoje a mais famosa da família de câmeras de filme integral (filme instantâneo que não precisa ser descamado no processo peel-apart) possui caraterísticas que nem sonhamos nas mais modernas, de plástico. Essas, apesar de seu design colorido, com arco-iris, cores diferentes, não possuem, por exemplo, foco manual (apresentado aos 02:20 do video), não possuem as lentes de vidro de quatro elementos (03:40) com nitidez impressionante, e não possuem – muito importante! – o fotômetro que regula a velocidade de abertura da câmera pra que a foto fique sempre bem exposta (02:40).

Captura de Tela 2013-01-28 às 14.24.58Já pra entender coisas fantásticas da SX-70 que também estão em outras câmeras, vale ir até os 04:20 pra entender como funciona a bateria no cartucho de filme, como o filme exposto se revela sozinho até que a imagem fique clara e aparente (06:00).

Pros mais maníacos por detalhes técnicos, vale assistir o video de ponta a ponta, já que ele vai ao extremo de mostrar cada detalhe de cada peça interna da câmera, enquanto explica cada fase do processo de confecção da fotografia. Detalhes que nunca imaginei que fosse ver em um video. Curti.

Finalmente, pra quem curte os conceitos por trás de projetos inovadores, vale muito assistir os dois minutos finais do video (começando em 06:50) onde o narrador nos mostra, passo a passo, ponto a ponto, como peças formam um sistema que, como objetivo final, faz com que a pessoa que está tirando a foto deixe de ser um mero observador pra se tornar parte natural do evento de se criar a foto.

Captura de Tela 2013-01-28 às 14.38.11

Essa última parte pode parecer balela, marketeira demais, mas não é. Na verdade é a raiz da idéia que fez com que o criador da Polaroid, Edwin Land, criasse essa câmera: fazer com que a imagem fosse registrada e compartilhada em um único momento, sem que houvesse a necessidade de se aguardar por dias, ou semanas pra se desfrutar a imagem final.

Poético sim, mas, no fundo, engenhoso.

P.S: Destaque pra bizarríssima trilha sonora do video, principalmente pra música de filme de terror que começa lá pelos 02:50)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Diogo
    16/10/2014 em 10:16 pm

    Olá… Tenho um sx-70 com problemas também… Alguém sabe onde encontro alguém que faça reparacao nela?

    Responder

  • Italo
    28/04/2014 em 4:31 pm

    Gente, eu gostaria muito de comprar uma Polaroid, dessas anos 2000 pra baixo

    Mas não existe um lugar nacional que não seja o Mercado Livre que eu possa comprar?
    E claro, será que ainda vende filmes para elas?

    Oh, que tristeza D:

    Responder

    • 02/05/2014 em 10:41 am

      Opa Ítalo!

      Como polaroids instantâneas deixaram de ser fabricadas a mais de dez anos, você realmente só as encontra em brechós, feiras de antigüidades e sites como o ml…

      Sobre filmes, hoje só a Impossible Project os fabrica, e no Brasil só é possível encontrá-los no ml mesmo… :-(

      Responder

  • Guilherme Nascimento
    30/03/2014 em 4:25 pm

    Você sabe onde posso comprar filme pra minha polaroid sx-70?

    Responder

  • Markos
    05/04/2013 em 11:02 am

    Bom dia André, tenho uma polaroid sx-70 igual a essa do video, só que tem algum problema nela pq o visor esta preto, não consigo ver nd. Alguma sugestão ou ela esta quebrada msm? Obrigado

    Responder

  • 22/03/2013 em 1:31 pm

    È uma pena que o Inpossible Project, ao que parece, ainda nõa chegou a esse nível de perfeição. Tenho uma Rainbow, e gostaria de usá-la, mas tenho medo de gastar uma grana com o filme da Impossible e não conseguir bons resultados, até porque o processo que era simples (de executar) no filme original, no filme do Impossible Project tem que esconder, guardar, prender, e ainda demora quase uma hora pra ficar revelado, e não fica assim, com a cara das Polaroids originais… Mas tomara que eles melhorem.

    Responder

  • Markos
    22/02/2013 em 8:49 am

    André, virei fã do seu site.
    Fiquei curioso pela polaroid, e quero ter uma, estava pesquisando no ML e tem varias la, mas a maioria diz q não sabe se ta pegando, tem algum jeito de eu saber se esta pegando ou terei que ir na sorte? Obrigado

    Responder

    • 22/02/2013 em 11:48 pm

      Olha Markos, pra testar realmente é necessário ter um cartucho de filme, mesmo que vazio, pra testar. Mas se o cartucho estiver usado/vazio, a bateria nele tem que ter alguma carga pra conseguir testar. Se não não adianta nada…

      Responder

Deixa aí seu comentário!