3comentários

Criando mosaicos com fotografia instantânea

por em 20/03/2013
 

Falar de Polaroids, fotografia instantânea e da Impossible é assim. A gente vai lendo, surge a idéia de um post, e logo emenda em outro. Por isso, aí vai outro post sobre o assunto. E, se ontem falamos sobre coisa técnicas, hoje vamos falar sobre projetos, sobre inspiração… com Polaroids, mas que você pode imitar fazer com qualquer câmera de fotografia instantânea e, porque não, com qualquer câmera.

10

Catherine Zeta-Johnes e o fotógrafo…

O fotógrafo Maurizio Galimberti é um dos muitos apoiados pela Impossible. E com os recursos desse apoio ele vem desenvolvendo um projeto bem interessante com  fotografias instantâneas: mosaicos que retratam – em uma mesma composição – vários ângulos da pessoa fotografada.

Depois que a gente vê, percebe que nem é tão complexo assim. É um daqueles casos de 90% inspiração e 10% de transpiração. A idéia, aliás, é só mais uma das várias que Maurizio vêm usando a muitos anos (desde antes do surgimento da Impossible, eu acho) sempre unindo a idéia de mosaicos e Polaroids.

Abaixo você vê, se inspira e curte as imagens do Tio Galiamberti. E aqui você pode ver o site e toda a obra do cara.

 

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Thais
    21/03/2013 em 8:54 am

    WOW, achei maravilhoso!
    a que eu mais gostei é a do Javier Bardem.
    Ideia mega interessante que me fez até ter vontade de usar minha polaroid que tá de enfeite na estante! Adorei!

    Responder

  • 20/03/2013 em 11:18 am

    Achei lindão o resultado, mas penso que só funcionaria bem mesmo com uma instantânea, né? Até rola fazer isso revelando fotos depois, mas vai ser muito mais na sorte e não tem a diversão de ver a coisa tomando forma na hora.
    De qualquer modo, é muito inspirador. Já pensei em um quadro assim na parede de casa. Ficaria demais!

    Responder

Deixa aí seu comentário!