9comentários

Filmepedia! Temporada #1 Cromo: Provia 100F

por em 05/04/2013
 

E, hoje sim, é o primeiro post oficial da Filmepedia! De todas as participações que enviaram até agora, tudo se conjugou para que o primeiro Filme a ser  falado fosse o Provia 100F.

O Provia é um filme Cromo da marca japonesa Fujifilm  e está disponível em duas velocidades (ISO), 100 e 400. O Provia 100F foi desenvolvido para substituir o Provia 100 e oferece a possibilidade de ser puxado de – 1/2 stop até + 2 stops. Outras características importantes de referir são o grão super fino, a reprodução fiel e vívida das cores e a gradação suave entre os tons mais claros e as sombras.

E agora vamos espreitar o que os leitores nos enviaram. Comecemos pelo relato do Marcelo, que nos trouxe ecos da sua lua de mel. Ele escolheu cromo para registar a viagem porque, nas palavras do próprio, “queria cores e as queria do jeito certo: filmes bons revelados no processo correto, ponto!

A primeira das fotos abaixo foi tirada num dia ensolarado e muito claro, daqueles em que não dá para abrir os olhos sem óculos de sol. As outras são interiores. O Marcelo revelou o filme em casa por conta própria e, depois de toda uma novela de trocentos episódios, acabou por comprar um Epson V500 para digitalizar o filme, porque não achou nenhum minilab com equipamento adequado.

 

Já o Silvano experimentou uma abordagem diferente. Ao invés de queimar o filme na luz do sol do meio dia, ele queimou o filme de noite! Dessa vez o equipamento obrigatório não foi óculo de sol mas sim um tripé (desses de 6 reais com pernas bambas). O Silvano deixou o aviso: “aconselho TODOS a lerem os manuais dos Filmes que usam, explica muita coisa e pode facilitar o resultado final. A latitude dele é menor que dos filmes negativos, então para quem não está acostumado ou não tem muito as manhas do filme, acaba apanhando um pouco.

Ele descobriu que o ideal para não perder detalhes nas partes claras importantes na cena é fotometrar as altas luzes 2 stops superexposto, que é o limite superior do Provia 100F. “O resultado foram as cores noturnas mais lindas que já consegui. Eu acho que essa foto do ODEON, apesar de ter errado a fotometria, é uma foto que apenas com o CROMO é possível captar essas cores tão ricas de Vermelho, Verde e amarelo.

 

5058173632_4652cb5573_b

por Katyussa Veiga

A Katyussa nos contatou desde La Paz e confessou que, devido a impossibilidades dos minilabs, sempre revelou os cromos em C-41. Mas esse rolo foi diferente…
Essa fotografia são três exposições feitas em Barcelona, duas diurnas e uma longa exposição noturna, realizadas em 2010. Revelei o filme em Londres utilizando processo E-6 pela primeira vez e me lembro bem da surpresa que tive com as cores e os tons do resultado final, pois me surpreendi com sua tolerância à super exposição.

 

Já o André só revela cromo em E-6. Pra ele, cromo simples e puro, sem efeitos, sem xpro, sem lentes de plástico tem sido uma satisfação.  Sobre o Provia 100F ele diz: “é simples de achar, bom de se usar (desde que haja luz, é claro) e traz sempre resultados deliciosos. As fotos ficam sempre com cores vivas, seja em ambientes com menos luz (como a da flor) ou com muita luz (como a janela no por do sol). O grão fino faz com que os tons entre os pontos mais claros e mais escuros sejam super suaves, e os detalhes fiquem nitidos em todas as ocasiões. Que me perdoem os que gostam (como eu gostava) mas, depois que descobri o cromo puro e simples, Xpro nunca mais ;-D”

 

E você? Já enviou suas fotos com cromo? Não?!?! Tá esperando o quê, mané?

Para saber mais sobre a Filmepedia e como funciona, leia aqui.

Para saber mais sobre o Provia 100F, leia as informações do fabricante aqui.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!