1comentário

Estoicismo e a (sua) fotografia de rua… Parte 1

por em 03/05/2013
 

Hoje trago mais um artigo do Eric Kim, sobre um outro livro que o levou a ter uma perspetiva diferente da street photography. O livro se chama “Um guia para uma vida boa: a antiga arte da alegria estóica“.

8385406378_61fc0ef8cb_b

por Erika Morais

Para quem nunca ouviu falar do estoicismo, podemos resumir como uma filosofia que tem por base não se deixar importunar pelas emoções negativas de forma a obter tranquilidade e paz de espírito. Tá, e o que isso tem a ver com fotografia? É o que o Eric vai explicar já, já.

Fala Eric!

Eu tenho aplicado a filosofia do estoicismo a muitas partes da minha vida pessoal e de trabalho, bem como à street photography. Ainda sou novo na compreensão do estoicismo, mas muitos dos seus conceitos me ajudaram imenso. Espero que este post também possa ajudá-lo.

Imagine: O que é o pior que pode acontecer?

Uma das técnicas psicológicas que os estoicos utilizam é pensar no pior que pode acontecer. E qual o benefício de imaginar o pior cenário? O autor do livro explica que, antecipar o que pode acontecer, elimina o poder negativo de uma situação inesperada, e acrescenta que “a desgraça pesa mais fortemente sobre aqueles que esperam apenas coisas boas“.

Uma das coisas que muitos de nós tememos é o medo da reação das pessoas quando as fotografamos. Algumas das nossas preocupações são:

– Acabar com a sua camera destruída
– Ouvir insultos
– Ter as pessoas olhando você como um ser estranho de outro planeta
– Ser agredido fisicamente
– Ser preso

por guibapoeta

por guibapoeta

Felizmente, a street photography é 100% legal na maior parte do mundo, então você estará protegido pela lei. No entanto, todas as outras preocupações da lista continuam a ser bem reais.

Então como podemos ultrapassar estes medos que temos na rua? Hoje vamos analizar apenas 2 dessas preocupações.

1. Acabar com a sua camera destruída
Esta é uma preocupação justa, já que muitos dispendem imenso dinheiro no equipamento (Nota do tradutor: e mesmo quem não gasta assim tanto, sempre existe o valor afetivo!) e não queremos que nada de mal lhe aconteça.

No entanto, saiba que se alguém quebrar sua camera, você pode provavelmente conseguir que essa pessoa seja detida, pode processá-la e, certamente, ganhar o caso e dinheiro suficiente para comprar outra camera. Ou seja, você acaba ganhando sempre.

Outra solução: não utilize uma camera muito cara (nota do tradutor: ou emocionalmente valiosa) para street photography. Utilize uma camera que você não se importaria tanto que acabasse destruída. Pergunte a você mesmo: estou disposto a enfrentar a possibilidade de me quebrarem essa camera?

 

por Julio Perestrelo

por Julio Perestrelo

2. Ouvir insultos
Certamente é desagradável quando você ouve insultos por estar fotografando. Na verdade, você sabe que não está fazendo nada errado, mas, como humanos, queremos ser aceites pelos outros.

No entanto, lembre-se: paus e pedras podem quebrar meus ossos, mas as palavras jamais me atingirão.

Tá, ser insultado não é agradável, mas isso não é uma ofensa física. Por isso, sempre que estiver fotografando na rua, espere insultos ou outras reações negativas.

Aí, quando as pessoas reagirem negativamente, você não irá ligar assim tanto porque você já estava esperando isso. E, se acontecer que elas respondam de forma positiva, você será agradavelmente surpreendido. Novamente: você acaba ganhando.

Gostou da leitura? Então fica atento ao site para não perder a continuação!

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!