3comentários

Christian Ramirez: Minolta, Ektachrome e muito pó colorido…

por em 01/06/2013
 

http://vimeo.com/64465334 ]

Profissionais de fotografia são conhecidos por simplesmente destruir equipamentos (devido ao uso, claro). Usuários amadores são conhecidos por cuidar – até demais – dos mesmos equipamentos. E aí, como fica esse impasse?

Estava pensando a respeito disso antes de escrever o artigo sobre fotografia na chuva. Eu tinha dó de usar equipamento analógico debaixo de chuva, e costumava usar só o digital. Hoje em dia? Eu uso os dois. Debaixo de chuva – seja uma garoa ou um temporal. Não vou perder uma foto por causa de adversidades climáticas.

A questão foi para outro patamar quando começaram a pipocar relatos de objetivas danificadas devido à Color Runque o Bruno também escreveu a respeito aqui. E, sinceramente? Era óbvio que isso ia acontecer. Deixe-me explicar o motivo:

O sistema de locação de lentes fora do Brasil é ENORME. A locação é barata e muitos fotógrafos (amadores e profissionais) costumam manter apenas suas SLRs, locando as objetivas de acordo com a ocasião. E foi exatamente o que aconteceu durante a Color Run: inúmeras pessoas locaram objetivas só para fotografar o evento. Só que cai na questão do bom senso: muitas dessas pessoas não se importam tanto com o equipamento alheio e devolveram as objetivas totalmente destruídas.

Mas eu não venho aqui a fim de crucificar essas pessoas, e sim mostrar uma outra saída: eu fui atrás de um dos profissionais que fez a cobertura de um evento similar, a Color Vibe 5K. Seu nome é Christian Ramirez, e ele, além de liberar o uso das imagens (e vídeo) que ilustram esse post, deu dicas valiosas para quem quiser fotografar esses eventos!

Christian Ramirez

Christian Ramirez

– Use, preferencialmente, filme: câmeras de filme são, em tese, mais resistentes que muitas câmeras digitais. Christian usou uma Minolta Maxxum 70 com uma 28-80mm e escolheu, como filme, o Kodak Ektachrome E100S (e revelou em E6, só pra ficar BEM claro, ok?). Ao contrário de inúmeros fotógrafos que usaram caixas de estanque ou cobriram a câmera com sacos plásticos, Christian não cobriu a câmera por achar perda de tempo (e de fotos): ele simplesmente vedou, com fita isolante, as áreas mais propensas a entrar poeira (o contato entre a objetiva e o corpo, entrada da bateria, hotshoe do flash, entradas de conexão e, adicionalmente, usou um filtro UV na objetiva). O pó utilizado nesses eventos é um tipo de amido de milho (a famosa Maizena) colorido, ou seja, é um pó bem fino e grudento! Se mesmo assim você quiser usar uma DSLR, lembre-se de cobrir também entradas de cartão de memória.

– Não troque de objetiva: escolha apenas UMA lente, monte-a na câmera e use-a o evento todo. Quer utilizar mais de uma distância focal? Utilize duas SLRs com lentes diferentes. Acredite, você não vai querer trocar de objetiva no meio daquela poeira toda.

– Se afaste da ação pra trocar de filme: nesse ponto, quem fotografar com digital vai sair ganhando. Quem fotografar com filme vai ter que se afastar para poder trocar de filme com o mínimo possível de poeira ameaçando entrar na câmera. Acredite: se entrar esse pó onde fica o filme, ele vai se espalhar para dentro da câmera também – e não vai ser nada legal.

– Não proteja apenas a sua câmera: você pode ter uma saúde exemplar, mas se você quiser ficar no meio da bagunça, é bom você se proteger. Use uma máscara respiratória e óculos de proteção (separados ou em um equipamento só) para evitar que essa poeira colorida entre nos seus pulmões/olhos. Acredite, seu corpo agradecerá imensamente na manhã seguinte.

Abaixo está a galeria com algumas das imagens produzidas pelo fotógrafo durante a Color Vibe 5K de Nova Iorque. Espero que gostem. ;}

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!