2comentários

Como pedi minha namorada em casamento…

por em 12/06/2013
 

Ok, o título pode soar estranho, mas não, eu não pedi ninguém em casamento, não. Esse post é uma tradução do texto escrito pelo fotógrafo Jerrit Pruyin, também colaborador do blog Fstoppers.com. Enjoy it. ;}

Fica aí com a palavra, Jerrit!

Após namorar por mais de 2 anos e sendo esses alguns dos melhores anos da minha vida, eu decidi pedir minha namorada em casamento. Eu sempre soube que queria algo íntimo, original/único e fiel a quem nós somos. Eu tive a ideia de usar uma antiga câmera e um tripé como parte do pedido – e então iniciou o período de experimentação da melhor maneira de incorporar isso.

Minha primeira ideia foi a de usar uma lente macro com um tubo de extensão, o que me permitiria escrever a mensagem na frente da lente. Após diversas tentativas com diferentes lentes e tubos de diferentes tamanhos, eu acabei ficando com um setup que mais parecia um Frankenstein. Eu não poderia usar a câmera nessa configuração; estava algo tão feio que ela saberia que tinha algo por trás.

Eu não tinha descoberto qual seria a melhor maneira de usar a câmera, e a data que eu escolhi para o pedido se aproximava. Eu precisava encontrar a menor distância em que a câmera conseguiria focar no que eu escrevi, mas tinha que ser mesmo na lente? Foi então que escrevi algumas palavras em um pequeno pedaço de papel branco e coloquei dentro da câmera, no fundo do prisma do viewfinder. Bingo, funcionou!

Procurei, então, na minha gaveta por algo em que eu pudesse escrever e acabei encontrando um pacote de protetores de tela para iPhone. Eu escrevi “Marry Me” na película e a cortei, com cuidado, em um pedaço menor que o prisma da câmera. Tirei a película de aplicação, coloquei o lado que gruda no fundo do prisma (dentro da câmera), olhei contra a luz e fiquei maravilhado.

photo-11-710x497

No último domingo (nota do tradutor: último domingo = 26/05/2013), eu  coloquei as coisas no carro e fomos rumo ao leste, para as plantações de uvas de Long Island. Nós nos apaixonamos pela Duckwalk há alguns anos e eu sabia que seria um ótimo lugar para fazer o pedido. Nós andamos pelos campo de plantações enquanto eu bebia o meu vinho o mais rápido o possível. Eu arrumei o tripé e a câmera em frente a um dos caminhos. O céu estava maravilhoso e a luz difusa tornaria isso perfeito.

Capture4-710x471

Após arrumar tudo, eu coloquei o anel no bolso e fui para a frente da câmera. Eu pedi para a Cara focar a câmera em mim, para então tirarmos uma foto juntos. Eu fiquei sobre um joelho e tirei o anel do bolso enquanto ela olhava pelo viewfinder, e após muitos “ai meu Deus” e “isso é sério?”, ela aceitou. Ela ficou mais feliz do que eu poderia imaginar.

jpg-710x532-

Eu tinha decidido que eu não queria tirar fotos no momento. Nós estávamos uma bagunça e queríamos que isso fosse algo que apenas nós poderíamos compartilhar juntos, para sempre. Eu nunca me esquecerei desse momento. Nós vamos gravar na câmera a data e o local do pedido, e ela sempre fará parte da decoração da nossa casa.

photo-21-710x532

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!