11comentários

Lojas de câmeras antigas da terrinha…

por em 02/08/2013
 

Imagem acima: banca das Máquinas de Outros Tempos numa feira. por Jota Picos

Apesar de viver em Lisboa, Portugal, é no Porto (cidade que fica a 300km de Lisboa) que conheço as 3 lojas de fotografia analógica que mais me fascinam: Máquinas de Outros Tempos, Câmaras e Companhia, e Sitio do Cano Amarelo.

Tá, e o que nós aqui no Brasil temos com isso? Vai oferecer passagens de avião?” Não, não vou… Mas vou oferecer uma viagem ao mundo das lojinhas de fotografia!

Quando vocês vão às feiras ou àquelas lojas de 1 metro quadrado cheias de câmeras desde o chão até ao teto, não se perguntam de onde vem tanta camera? Pois é, eu me perguntei o mesmo e quis também saber quem são esses caras loucos essas pessoas fascinantes que têm centenas de câmeras à venda. Então dei uma de repórter, anotei umas perguntinhas num bloco de notas e fui lá falar com o Pedro Viterbo (Máquinas de Outros Tempos), o Raúl Sá Dantas (Câmaras e Companhia), e o Nuno Rodrigues (Sitio do Cano Amarelo). 

Eis o que descobri… (tambores de suspense)…

Camera de filme 126 que Raul ganhou aos 10 anos.

Camera de filme 126 que Raul ganhou aos 10 anos.

Todos eles têm histórias e idades bastante diferentes. O Pedro tem 25 anos e me contou que é autodidata: aprendeu tudo sozinho ou com a loja. A sua primeira câmera foi uma Canonet QL25, do seu pai.

O Nuno, 37 anos, começou a sua aventura analógica quando decidiu experimentar lentes analógicas na sua DSLR Pentax K10D. Acabou comprando lotes de material fotográfico usado e ficou com uma coleção gigante.

O Raúl, que tem mais cabelos sábios do que os outros, recebeu a sua primeira câmera aos 10 anos e contou que sempre viveu rodeado de fotógrafos amadores: o seu pai, tios e amigos dos pais. Em 1978, durante a Guerra Fria – uma altura em que Portugal trocava sardinhas em lata e botas, por câmeras e outros artigos com a União Soviética – Raúl comprou a sua primeira SLR 35mm, uma Zenit E, e foi também nessa altura que montou o seu primeiro laboratório de revelação e ampliação a preto e branco, no porão da avó.

Pedro à porta da loja. por Porfírio Azevedo

Pedro à porta da sua loja.
por Porfírio Azevedo

A aventura de abrir a loja também surgiu por motivos diferentes. O Nuno é engenheiro informático, pelo que o natural foi ter começado com um site online, para vender o material fotográfico que acumulou durante os anos. O lema da sua loja é: “ficas contente ou ficas contente, basta um simples “mudei de ideias” para devolver ou trocar.” 

Raúl, depois de ter ficado desempregado, decidiu abrir a loja porque a fotografia sempre foi uma componente importante na sua vida e achou que era a altura ideal para se dedicar 100% à sua paixão. Neste espaço, além da venda de equipamento, existem ainda laboratórios de revelação PB para aluguel, bem como variados workshops.

Já para o Pedro “abrir uma loja foi a verdadeira loucura”. A sua grande motivação é ver que todo este material que vende será reutilizado e isso o deixa muito feliz. Pedro ainda acrescentou que prefere vender mais barato e saber que tem imenso material sempre a rodar e com novos artigos, do que pedir muito dinheiro e ter sempre o mesmo material à espera de ser vendido. Pedro começou com este negócio para pagar a faculdade, primeiro em feiras de antiguidades e, quando terminou o curso e não conseguiu emprego na área, decidiu abrir a loja.

Mas… de onde vêm as câmeras, afinal?!

No caso de Raúl, “o tempo foi passando, fui trocando de câmeras, conforme a minha situação economica permitia“. A coleção em si começou com o eBay e também herdou algumas cameras do tio (Pentax Spotmatic) e do sogro (Canon P, “uma rangefinder maravilhosa). Depois veio uma Yashica Mat 124, uma Zeiss Ikon Nettar, uma série de Agfas Isolette, até que ficou com um verdadeiro museu em casa (clica aqui pra ver). Raúl vai a feiras, compra on-line, em Portugal e no exterior, e, agora com a loja, são as câmeras que vão ter com ele: “aparece muita gente a vender câmaras, algumas revendo, as que me interessam vão para casa“. O Nuno também vende itens da sua imensa coleção, além de lotes de material que compra pela Europa. Já o Pedro é mais do tipo camera-hunter: “faço imensas viagem e percorro a Europa de mochila às costas para encontrar o que os clientes procuram”.

Histórias lindas, não é não? Mas tem mais! Não são apenas os nossos 2 leitores portugueses que podem comprar nestas lojas. Vocês, queridos 23 21 leitores brasileiros, também podem comprar! Todos eles estão vendendo para o Brasil, e mais, o sonho do Nuno é enviar uma encomenda tão grande, que ele possa ir junto! Por isso, sintam-se mais que convidados para explorar as lojas online: Máquinas de Outros Tempos,  Sitio do Cano Amarelo e Câmaras & CompanhiaContatem eles diretamente  para saber detalhes sobre o pagamento, o frete e sobre as próprias cameras!

E, claro, se estiverem de visita a Portugal, visitem essas lojas maravilhosas!

 

Chamada de atenção para leitores portugueses: juntem-se a nós no Grupo Queimando Filme Portugal, no facebook!



Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 06/08/2013 em 3:57 pm

    como faço para comprar essas maq fotog de 5 reais

    Responder

  • Leonardo
    05/08/2013 em 11:08 pm

    Comprei uma objetiva para minha Canon AE-1 no Sítio do Cano Amarelo e paguei apenas quatro euros pelo frete. A bichinha ainda não chegou, mas fiquei impressionado mesmo foi com a atenção do Nuno, o vendedor. Transcrevo a mensagem que ele me enviou:

    “Olá Leonardo,

    Escrevo-te a desculpar-me por não teres ainda recebido o código de tracking da tua encomenda. Ela já foi no entanto enviada e vais poder confirmar isso mesmo.
    Hoje foi um dia complicado e acabei esquecendo os recibos em casa. Amanhã já recebes email e posso ajudar-te se tiveres dificuldades em localizar.

    É bastante comum as encomendas ficarem retidas na alfândega devido ao seu tamanho e peso, normalmente só tenho enviado artigos de baixo custo que felizmente não são atingidos por taxas extra mas não te consigo garantir nada. O problema costuma residir no tempo de espera que dos normais 5 dias úteis pode passar para mais de um mês se for na altura do Carnaval (isso aí para tudo!:P). Se te exigirem taxas exorbitantes que consideres um ultraje simplesmente recusa para ela me ser devolvida. Eu apenas retenho o valor do selo e devolvo-te a diferença por paypal.

    Para compensar a distância eu estou apenas a cobrar os preços antigos dos ctt e a cobrir a diferença como desconto, inclui gratuitamente um par de tampas protetoras usadas mas que serão boa proteção durante o transporte. Uma vez em casa destapa as lentes e conserva-as abertas a apanhar luz quando não as estiveres a utilizar (isto evita fungos e é válido para todas as tuas lentes).

    Por último, eu sou engenheiro informático com o bichinho da fotografia, escrupuloso e apaixonado consequentemente estou mais preocupado em garantir que ficas com um sorriso de orelha a orelha do que em vender ou impingir-te o que quer que seja. Se ficares muito satisfeito conto com a tua boa palavra a amigos e se não for abuso um like e recomendação a começar com “***** no facebook.com/sitiodocanoamarelo ;) Se por qualquer motivo não ficaste contente fala comigo para resolvermos isso, o moto é : ficas contente ou ficas contente.

    Abraço e obrigado pela confiança,

    Nuno”

    Responder

  • Lonez
    03/08/2013 em 6:08 pm

    To aqui fazendo 54389792837928 pesquisas de cameras pra comprar no futuro (espero que antes do final do ano pelo menos mais uma ou duas).

    Valeu pela dica das lojas, já vou la dar uma espiada!

    E ótima história contada dos 3 caras, acho muito bacana e incentivante esse tipo de história! Pessoas que conseguiram fazer algo que gostam em tempo integral, isso é MUITO legal! :D

    Responder

  • 02/08/2013 em 11:40 am

    Eu estou há tempos de olho numa kodak brownie no Sitio do Cano Amarelo mas ainda não criei coragem… Hehehe,…

    Responder

    • 08/08/2013 em 2:55 pm

      Vá lá não sejas cobardolas :) Envia mensagem pelo formulário de contacto que eu faço-te recomendação da máquina ideal, aquela que queres mesmo mesmo ;) Olha que vai valer a pena ;P

      Responder

  • 02/08/2013 em 11:25 am

    Agradeços a todos a publicação ao André e ao Diogo :D
    Apareçam pela loja serão Bem Recebidos :D

    Responder

Deixa aí seu comentário!