2comentários

A vida de quem fotografa com Daguerreótipo

por em 01/09/2013
 

A forma como a galera que fotografa com filme se sente com relação à galera que fotografa com o digital deve ser a mesma forma como a galera que fotografa com daguerreótipo se sente com relação a quem fotografa com filme.

Descobri esse vídeo no PetaPixel  uns meses atrás, e a frase acima nunca saiu da minha cabeça. Ela é do autor do post (do PetaPixel). Boa, né? :-)

O vídeo mostra como é rica de detalhes e complexa a vida de quem curte esse verdadeiro artesanato que é fotografar com uma das técnicas mais antigas da fotografia. O vídeo ainda fala sobre, e mostra, as dificuldades (de se encontrar todos os equipamentos e químicos, por exemplo) e perigos (como manipular mercúrio, que é venenoso) desse tipo de hobby.

Diz aí… não faz, realmente, a gente se sentir fotografando “do jeito fácil”, mesmo fotografando com filme? ;-)

O filmne foi feito por Patrick Richardson Wright e apresenta o trabalho de Dan Carrillo, que também pode ser visto no Flickr dele.

http://www.vimeo.com/63639523 ]

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Patricia
    02/09/2013 em 12:21 am

    Muito interessante esse processo. Não o conhecia.
    Neste caso é ainda mais notável como as etapas da produção de uma fotografia são tão importantes e prazerosas para o fotógrafo quanto o resultado em si.

    Responder

  • Rogério
    01/09/2013 em 1:19 pm

    Me arrepiei todo quando a imagem começou a se formar. Sem palavras aqui.

    Responder

Deixa aí seu comentário!