16comentários

Faça alguma coisa! Não deixe seu lab preferido fechar…

por em 06/09/2013
 

Foto acima por lepublicnme

Quem já brinca desse lance de fotografar com câmera analógica a algum tempo, sabe que depois de alguns meses a gente acaba se relacionando mais com um ou outro laboratório, um ou outro vendedor do eBay ou do Mercado Livre, uma ou outra loja, uma ou outra barraquinha da feirinha de antiguidades. A gente passa a ser fiel cliente desses caras, e fica feliz de ter encontrado alguém assim, seja pela qualidade, pelo preço, pela honestidade… e quando perguntam se temos alguém pra indicar, a gente puxa pela memória e recomenda esses fornecedores…

8629876724_edf04085bf

Por João Pedro A V Machado

… e daí um dia fica sabendo que os caras faliram/fecharam. E a gente fica triste, se sente abandonado. Mas nem se toa de que a gente podia ter feito algo.

Quantos de nós, proativamente, entra num Facebook da vida, ou publica num blog, Tumblr ou Twitter pessoal, a ótima experiência que teve com um determinado laboratório. Existe um número em Marketing, que eu não sei de onde vem (mas minha experiência de vinte anos de mercado diz que é verdade) que diz que uma boa experiência gera um comentário positivo (pra um amigo, nas redes sociais, etc) enquanto que uma experiência negativa gera, pelo menos, DOZE comentários negativos (pra um amigo, nas redes sociais, etc). E, é claro, como a gente gosta de um apedrejamento, #todoscompartilha, #todosretwitta… e todo mundo fica sabendo como aquele lugar é ruim.

Mas ninguém sabe do lugar bom. Porque ninguém espalhou. Né?

Por isso hoje estou começando aqui no QF, com a ajuda dos demais colaboradores, uma campanha de falar bem dos fornecedores e parceiros de quem a gente gosta. Mas antes de falar do fornecedor de quem quero falar bem, gostaria de convidar vocês, prezados (vinte e três) leitores do QF a fazerem o mesmo. Em seus blogs, twitters, listas de email, fóruns, tumblrs, sites, colégios, faculdades.

Não esperem alguém perguntar. Puxem assunto falando bem daquela loja ou lab que você curte. Porque você já faz isso quando a experiência é ruim, né? Então passe a fazer quando a experiência for boa!

Bom, é isso. Agora eu vou fazer a minha parte. E o cara de quem vou falar é o Laboratório 337, daqui de São Paulo.

Desde que me mudei pra cá, em 2010, uso esse lab. Eu achei ele sei lá em que lista de labs, provavelmente pelo Google mesmo, por ficar perto de onde eu trabalhava, mas no primeiro telefonema (já sendo muito bem atendido pela dona e então gerente do local) já tomei o primeiro susto bom. Os caras tem delivery! Um motoboy que busca os filmes na sua casa e te entrega de volta quando eles estão revelados! Quem mora em SP sabe que isso faz muita, muita diferença…

Site do 337

Site do 337

Eu confesso que nunca usei outro lab em SP. Comecei a usar o 337 e fiquei nele. Por isso, não me perguntem se ele é melhor que esse ou aquele. Não sei. Só sei que o 337 nunca me deixou na mão.

Aliás, desde já aviso que não vou explicar o que eles fazem ou deixam de fazer. Pra saber os detalhes, ó —> www.337labfot.com.br. O que posso dizer é que o que eles fizeram pra mim, fizeram bem. O Rogério, atual gerente, que atende o telefone sempre que a gente liga pra lá com a maior atenção, tá sempre disposto a entender do que você precisa, sem pressa, sem angustia. Quer revelar aquele Fomapan puxando 2 pontos? É com ele mesmo (até porque ele é o gerente e também é o laboratorista!). Nunca revelou e tá meio boiando? Ele te ajuda a entender.

E, como eu já falei pra vários colegas de internet de fora de SP, eles trabalham recebendo e enviando filmes e ampliações pelo correio, o que é uma mão na roda pra quem mora onde não tem bons labs.

Enfim, acho que a mensagem tá passada, e o meu “fornecedor preferido da vez” tá divulgado. Espero que experimentem e gostem, porque o cara merece sobreviver nesses tempos de vacas analógicas magras.

By the way, vocês verão nos próximos meses alguns banners aqui no QF de fornecedores como esse. Sempre que ele for DE FATO recomendado por um ou mais de nós, colaboradores, isso vai estar escrito no banner. Assim vocês vão saber se o anunciante está apenas comprando o espaço, ou se realmente indicamos esse cara pra vocês.

É isso. Agora é a sua vez. Que tal começar aqui nos comentários? ;-)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Patty Kirsche
    13/09/2014 em 4:38 pm

    Oi André! Que alívio! Eu tentei ligar para lá, mas um dos números só dava ocupado, enquanto o outro só chamava. Obrigada por ter compartilhado essa informação. O Rogério é um excelente laboratorista, não pode nos deixar na mão! rs

    Responder

  • Patty Kirsche
    10/09/2014 em 11:18 pm

    Gente, o 337 fechou ou mudou de endereço? Estive lá hoje; as portas estavam baixas, e a placa era de um outro negócio. Uma pena, porque o laboratorista é mega experiente e escaneia qualquer coisa. Era o único lugar que conheço que revelava filme 126. :(

    Responder

    • 11/09/2014 em 9:55 am

      Oi Patty! Que susto que você me deu! Mas liguei pro Rogério e ele me tranquilizou. È que ele literalmente levou o lab pra casa dele… :-) Ele v ai me mandar um email com o endereço novo, mas enquanto isso ele disse que você pode ligar pra ele nos telefones da loja (permanecem os mesmos) e ver como vocês fazem pra você entregar o filme pra ele, ok? ;-)

      Responder

  • Lucilo
    10/09/2013 em 4:42 am

    Aqui em Recife-PE, gosto do serviço da ArtCollor, lá na Praça Machado de Assis.Faz três anos que eu revelo os filmes lá e nunca me deixaram na mão.Infelizmente, eles não revelam mais preto e branco…o jeito é scanear e jogar no Picasa.

    Responder

  • aiesca
    09/09/2013 em 11:09 pm

    Em Campo Grande quem precisar de revelação procurem o Valdiney (ou Waldiney?) e o Fabrício, na Clan color da Barão do Rio Branco quase esquina Rui Barbosa, na seção LabPro (Pro de profissional). A Clan color não faz impressão de formato 120, só revelação e parece que escaneiam também, além de revelar preto e branco. Esses dois técnicos tem muito mas muito boa vontade e interesse mesmo!Simpáticos, atenciosos.
    Se alguém souber de algum lugar em Compo Grande que imprime médio formato ou panoramicas com os furinhos, por favor indique aqui no site. Tenho uma sprocket rocket e a maior frustração por não poder ter minhas fotos impressas com aqueles furinhos charmosos. E só pra constar: sou “das antigas” e imprimo todas as fotos.

    Responder

  • 09/09/2013 em 7:51 pm

    Um Laboratório muito legal que eu usei é o Gibolab na Vl. Madalena. (https://www.facebook.com/pages/Gibolab/121522594546248), ate onde eu sei é o único laboratório em Sp que faz revelação C41 e ampliações manualmente sem usar minilab.

    O atendimento é sensacional e os caras manjam muito!

    Responder

  • 06/09/2013 em 10:46 pm

    Gosto do 337 pelo mesmo motivo!
    Comecei a revelar lá em 2009 e sempre tiveram delivery, o que ajuda muito já que não moro lá perto. E o serviço é ótimo, atendimento bom e adoro o resultado da revelação xpro deles, apesar de ser meio carinho (uns R$30).. Mas hoje em dia tenho revelado mais no Espaço Visual por ser perto de onde moro, ter um preço bom e serviço ótimo tb!
    http://www.espacovisual.com/page/default

    Responder

  • Marcos Nava
    06/09/2013 em 8:04 pm

    Já fiz revelação no 337 por Sedex e o serviço é de primeira.

    Particularmente eu só mando para eles 120 colorido porque eu ainda não faço isto em casa.

    Outra coisa, o Rogério é uma figura!

    Responder

  • 06/09/2013 em 5:20 pm

    Em São Paulo, no centro:

    Sr. Ogava para PB e para colorido o laboratório
    Color Foto Ferrara
    Rua Cel Xavier Toledo, 264 Centro
    (11) 3257-0259

    Fazem um serviço rápido e de qualidade. Revelam, digitalizam, ampliam, 135 e 120. Tudo isso a um preço justo.

    Mais endereços no meu blog: http://photographiaanalogica.blogspot.com.br/

    Responder

  • Anderson
    06/09/2013 em 3:04 pm

    Para filmes colorido revelado por C41 recomendo Bella foto na região de campinas.
    BELLA FOTO
    Rua Cel. Quirino 353
    Bairro Cambuí – CEP: 13.025-000
    Campinas – SP
    Fone: (19) 3294-4471

    Responder

  • Clodoaldo
    06/09/2013 em 1:37 pm

    Gostei muito André Corrêa, pena que aqui na minha cidade (Foz do Iguaçu) não haja nenhum laboratório que se preocupe ou se dedique à revelação de filmes como deveriam, aqui o digital prevalece e as opções de filme são limitadas. Se eu comprar um filme P&B por exemplo via net, vou ter que mandar para Curitiba para revelar.
    Gostaria muito que a fotografia analógica tivesse o respeito merecido, assim como por exemplo a música com os velhos e bons discos de vinil, rs.
    Recentemente ganhei de presente de minha mulher uma Olympus Trip 35 e estou me maravilhando com as possibilidades que ela me proporciona, só não tive ainda o prazer de fotografar com ela usando um filme P&B, que sei que posso comprar via ML ou outro meio virtual, porém a necessidade de mandar para longe para ser revelado por exemplo acaba desanimando.
    Grande abraço e obrigado pela publicação.

    Responder

  • Danielle
    06/09/2013 em 1:26 pm

    Eu usei o 337 pela sua indicação e nunca mais troco.
    Fui MUITO bem atendida pelo Rogerio, que tratou minhas fotos com todo o carinho do mundo. Eu senti isso na foto, sabe? Não consigo me ver com outro Lab *-*

    (:
    OBRIGADA pela indicação, André. mesmo.

    Responder

  • Lanna
    06/09/2013 em 12:24 pm

    Muito legal esse post!
    Eu sempre faço jabá do laboratório onde revelo as minhas fotos, porque sempre pensei exatamente assim.
    Bom, para deixar o jabá aqui: Vapt Vupt Lab, para quem mora no RJ. Fica em Copacabana a dois quarteirões da estação de metrô Siqueira Campos.

    Assim como o André, não sei dizer se é melhor que um ou outro no RJ, porque também nunca revelei em outro. A Lomography store me deu uma lista de labs, eu fui primeiro nesse, e me apaixonei =P

    Eles são fantásticos, atendem SUPER bem, e como nós clientes de analógicos, somos poucos, toda vez que vou lá eles me chamam pelo nome e perguntam das coisas que ando fazendo, etc. Um dia até me deram de presente um filme vencido há 10 anos que eles iam jogar fora na faxina! (como eles já sabem que eu curto esses experimentos).

    Enfim, acho que isso tudo, não tem preço que pague mesmo. =)

    Parabéns pela iniciativa!

    Responder

    • aiesca
      09/09/2013 em 11:12 pm

      oi lana, vc sabe se o vapt vupt atende pessoal de outros estados, pelo correio, ou pela internet? Eu queria revelar umas fotos panoramicas da minha sprocket rocket. voce sabe se eles imprimem?

      Responder

      • Mariana
        07/01/2014 em 9:28 am

        Oi aiesca, eles recebem sim pelos correios. Na verdade eu sempre revelo por lá, mas como estou de mudança do Rio me certifiquei que o trabalho com as analógicas continuaria. Manda um e-mail pra eles pra saber de preço e essas coisas. São super gentis e respondem mega rápido.

        atendimento@vaptvuptlab.com.br

        Abraços,

        Responder

  • 06/09/2013 em 11:32 am

    Para pb eu recomento o Sr. Ogava na rua Barão de Itapetininga, 50, 9º andar. Atende das 14 às 18h. Fone 11 3255-4336
    Ele trabalha artesanalmente e somente com pb.
    Seu laboratório está localizado no mesmo lugar há 51 anos.
    Ogava faz qualquer tipo de serviço em preto e branco, desde revelação de negativos e ampliações manuais de diversos tamanhos, até reprodução de filme negativo, solarização, viragem sépia, alto contraste, etc.

    Responder

Deixa aí seu comentário!