2comentários

Livros Legais: Contexto e Narrativa na Fotografia

por em 26/09/2013
 

Outro dia falei sobre como saí procurando ajuda pra sair de uma crise criativa/conceitual. Pois bem, hoje vou falar de um dos livros que, mesmo que indiretamente, me ajudou muito e que, sem dúvida, vai ficar como livro de cabeceira lá em casa junto com outros trinta que nem cabem na tal da mesinha de cabeceira.

9788565985154_Ampliada_2Contexto e Narrativa na Fotografia, escrito por Maria Short, e publicado no Brasil pela editora Gigili Gilili Giligi GGili (www.ggili.com), me lembrou muito os livros da série “Tchananã do Fotógrafo” (O Olho do Fotógrafo, A Mente do Fotógrafo, etc) de Michael Freeman, dos quais falamos várias vezes aqui (e aqui, e aqui também). Só que com uma diferença importantíssima: diferente de Freeman, Maria Short é uma professora (literalmente) que te coloca pra trabalhar (mental e fisicamente) a cada página, com sugestões de práticas, exercícios e… mais práticas. O que, aliás, é excelente. Confesso que não fiz nenhum dos exercícios práticos sugeridos por ela, mas, só de lê-los, minha mente já começou a trabalhar, e várias luzes se acenderam no meu caminho. Muito legal mesmo.

Outro ponto alto são os estudos de caso. Na maioria dos livros desse tipo, casos apresentados pelos autores são – me desculpem os autores – encheção de linguiça.  Textos banais sobre fotos e fotógrafos tão famosos que o texto nada agrega, ou tão fracos, que… enfim. Os casos apresentados pela Professora Short, na minha opinião, agregam bastante. E acho que a chave disso é o fato de que (aparentemente) ela conhece muito bem os casos selecionados. Me arriscaria inclusive a dizer que os citados são ou foram alunos ou colegas dela. Isso porque ela vai além do óbvio, e conta detalhes dos processos, dos fotógrafos e das obras que só quem os conhece bem conseguiria contar.

Mas qual é a do livro?  É a de te ajudar a entender e encontrar caminhos pra dizer o que você quer, através da sua fotografia. De quebra você também evolui a sua visão sobre as fotografias dos outros.

Dividido em seis capítulos (A Fotografia, Tema, Público, Narrativa, Signos e Símbolos, Texto), o livro leva o leitor a um caminho bastante lógico e simples pra se entender o que falar, como falar, e pra quem falar. A ideia de trazer o público logo pro começo do livro é ótima, já que quebra logo de cara questões importantes relacionadas a inseguranças de muita gente. Basicamente, a autora te ajuda a escolher um tema, entender seu público e, a partir daí, construir sua narrativa dentro do contexto escolhido. Muito legal mesmo(eu já disse isso, né?).

O preço é salgado (variando de R$70,00 a R$90,00 na maioria das livrarias), mas ele vale o quanto custa. Você pode acessar a página oficial do livro aqui: http://ggili.com/es/tienda/productos/contexto-e-narrativa-em-fotografia

 

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Mimi
    09/10/2013 em 2:02 pm

    Boa tarde André! :)

    Poderia me recomendar algum livro sobre fotografia para iniciantes, por favor?
    Acabei de descobrir o seu blog e tenho que te dizer que estou adorando!
    Parabéns pelo trabalho e dedicação! :)

    Responder

    • 09/10/2013 em 2:12 pm

      Oi Mimi! Que alegria ver alguém pedindo um LIVRO! :-D

      Me fala mais um pouco sobre a sua experiência e sobre o que você quer/gosta de fotografar, que te recomendo sim, com prazer!

      Responder

Deixa aí seu comentário!