7comentários

Uma Lambe-Lambe novinha em folha…

por em 11/10/2013
 
O Luiz Henrique Carneiro é um daqueles caras bem safo. Ele se vira. Se quer algo que não tem, ele faz. Tipo… uma câmera Lambe-Lambe :-) Mas antes de falar da criação, vamos valar do criador da coisa.
Luiz sempre gostou de fotografia. Formado em Artes, até estudou fotografia, aprendeu a revelar e tudo mais. Mas quando estava se formando… contaram pra ele que a fotografia analógica tinha morrido, e que agora ele teria que fotografar com digital. Ele até tentou, mas achou super “fué” e deixou pra lá.
Anos depois, acabou (depois de muito esforço pra transferências dentro das repartições públicas da cidade de Bauru, SP, onde mora) indo parar no Museu da Imagem e do Som da cidade. E isso, é claro, fez acordar aquele demônio fotográfico que vivia dentro dele… até que surgiu a necessidade:
A uns 6 meses, por questões burocráticas estávamos em vias de perder uma parte do acervo que deveria ir pro Estado e coisas assim. Nesse acervo, temos alguns negativos de vidro e, para preservarmos uma copia do material, decidimos escaneá-los. Mas escanear negativo de vidro de grande formato não é coisa pra lojinha da esquina. A solução foi fazer uma ampliação, e fui pesquisar quem poderia fazer isso. Bom… aqui na minha cidade não encontramos quem fizesse, e decidimos nós mesmos fazer. Laboratório desmontado já tínhamos  aqui no acervo, e seria só questão de comprar a as químicas e o papel.
Nas buscas por materiais, vi um vídeo do Afegão onde um tio batia fotos na rua e revelava na hora, lembrei-me das trocentas fotos de tios, avós, e tio-avós, que minha mãe guarda, tiradas na praça em Aparecida do Norte, ou mesmo no sitio onde não tinha nenhum lab por perto no inicio de 1900, e decidi construir minha câmera..
Agora sim, vamos falar da câmera (fotos logo abaixo): Ela é uma caixa de madeira 30x30x50, dividida em duas partes. A primeira, da lente até o vidro despolido, é a câmara escura, e uma segunda parte que é o lab.
Não entendeu esse lance de lab dentro da câmera? Veja o tal vídeo do afegão que você vai entender…
Dentro fica 2 bandejas com revelador e fixador, e uma caixa bem vedada para guardar o papel.  Por uma abertura atrás  podemos ver o vidro e levando o fole pra frente e para trás se acerta o foco e o enquadramento.
Fiz cantoneiras de latão dobrando uma chapa e, com elas,  fiz uma moldura para segurar o vidro, que se abre como uma porta para poder carregar a câmera com papel.
O obturador é fixo e a abertura é a da lente. Já tempo de exposição é determinado destampando e tampando a lente. No alto tem 2 janelinhas: uma para entrar luz, e outra para se observar  a revelação. Ambas protegidas com acrílico vermelho.

E ai, o que achou? Vai construir a sua? ;-)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 19/09/2016 em 1:35 pm

    OI.. entre em contato acha eu la no face ou passa um zap que vamos conversando
    ..

    Responder

  • 09/08/2015 em 11:14 pm

    Oi eu encotrei algumas peças que podem ser de uma lambe lambe…. Queria reconstruir tenho apenas a madeira da frente e lente… Como poderia fazer o fole.. Alguma dica?

    Responder

  • 11/10/2013 em 3:41 pm

    Luiz, você pergunta se queremos um tuto da plaquinha? CLARO QUE SIM! Demais fazer essas decorações, pras nossas pinholes e tal. Demais! E parabéns pelo projeto, um verdadeiro FAZEDOR!

    Responder

    • 11/10/2013 em 11:57 pm

      Vou entrar no coro do “queremos tutorial” junto com o Julio França. Muito legal seu trabalho Luiz! Só não construo o meu Lambe Lambe pq aqui não tenho espaço pra nada mais. =D

      Responder

    • Luiz Carneiro
      31/01/2014 em 9:34 am

      OI.. cara desculpe o esquecimento… Agora de passagem aqui pelo saite que vi os comentários pedindo o tutorial da plaquinha.. rsrsr Bom a algum tempo atras comecei um blog sobre gambiarras, bom o blog ficou para trás, mas nele ainda consta um tutorial sobre eletro corrosão, que é a técnica usada na plaquinha.. http://ursulando.blogspot.com.br/ este ai é o link.. mas qualquer duvida me procura no face.. T+

      Responder

  • Joaquim
    11/10/2013 em 2:27 pm

    Parabéns. Lhc. Já fui modelo fotografico dele com uma dessas ai. O cara é fera no que faz

    Responder

  • Luiz Henrique Carneiro
    11/10/2013 em 1:35 pm

    Obrigado, adorei a postagem… se precisar de alguma coisas que eu puder ajudar é só pedir..

    Responder

Deixa aí seu comentário!