1comentário

Livros legais: Os livros mais-mais da fotografia em grande formato

por em 15/10/2013
 

Uma das vantagens de ser autodidata é que você simplesmente não precisa ficar esperando aparecer um curso ou oficina sobre o tema que você gosta para aprender… Não que a galera do grande formato não seja incrivelmente hospitaleira e disponível: aprendi muito sobre as grandalhonas com o fotógrafo português Nanã Sousa Dias, com o brasileiro (apesar do nome) David Ballot e o gringo Riccis Valadares

bx

Mas antes de conhecê-los eu tive de bater muita cabeça em busca de informações sobre as tais das “câmeras técnicas”, e ainda hoje eu vou ter de garimpar informação por aí se quiser ficar REALMENTE bom nisso.

Era um porre conseguir bons livros antes da internet, e hoje com a internet as informações desaparecem rapidamente (tente acessar um blog com mais de dez anos) sem deixar rastro. Mas conseguir livros através da internet é fácil e lindo. E MUITA, mas MUITA coisa mesmo foi escrita quando as grandalhonas reinavam.

A biblioteca aqui de casa cresce a cada dia, mas já despontam as estrelas da turma, e enquanto eu não escrevo novos posts técnicos sobre GF, segue a minha listinha dos indispensáveis – quem está no nível Anderson Silva de inglês também pode se divertir, porque incrivelmente, quase a metade está em português…

Mas vamos lá: o troféu joinha grande formato do Alex vai para…

CATEGORIA UM: MANUSEIO DA CÂMERA

51uu7kMUpALUsing the View Camera: A creative guide to large format photography – Steve Simmons
Se a grana só der para um livro, compre este – tem de tudo um pouco, nomeia os acessórios, tipos de câmera, movimentos e técnicas, dando uma excelente introdução ao assunto.

Medium and Large Format Photography: Moving beyond 35mm for better pictures – Roger Hicks and Frances Schultz
Simpático livro com muita informação, e o que é melhor: contextualizada, dando uma boa geral sobre médio e grande formato e quando utilizar um ou outro.

A Câmera – Ansel Adams
Esse está em português! Clássico dos clássicos, é ele que salva a pátria para quem não tem lá um bom inglês. Vale a pena pegar a trilogia toda, especialmente quem quer fazer o processo analógico de cabo a rabo. Este é o primeiro “episódio”.

Equipamento Fotográfico – Thales Trigo
Outro que veio para salvar a lavoura dos exclusivamente lusófonos, este livro não trata só de grande formato; mas a parte que trata de ótica e dos movimentos e correções de perspectiva é bem interessante.

510H79NFJALCATEGORIA DOIS: REVELANDO O FILME

Chapas 4×5 e maiores trazem um outro problema: é bem provável que você não ache local pra revelar – e se achar, prepare o bolso. Vale mais a pena revelar em casa, especialmente se fizer PB; e nesse caso, tem boa literatura para ajudar:

Revelação em Preto-e-Branco – MIllard W.L.Schisler
Essa é a bíblia da revelação em PB. Deveria ter capa de couro, folhas com bordinha dourada e uma fitinha vermelha para marcar página. Leia. E depois leia de novo.

The Darkroom Cookbook – Steve Anchell
Bíblia do PB, versão americana. Tem uma quantidade incrível de receitas de reveladores, fixadores e outros químicos, para fazer em casa. Torne-se o Heisenberg da revelação.

CATEGORIA TRÊS: DIGITALIZANDO OS RESULTADOS

Scanning Negatives and Slides – Sascha Steinhof
Scanner é um bichinho sacana. É praticamente impossível conseguir uma única digitalização que preste sem entender bem o que se está fazendo, e este livro dá uma boa orientação no assunto.

The Vuescan Bible: Everything you need to know for perfect scanning – Sascha Steinhof
Sascha ataca de novo! Às vezes a culpa do pobre desempenho do seu scanner é o software do fabricante; muitos optam por um aplicativo de terceiros, o VueScan – que adiciona recursos a uma imensa linha de scanners. O software é complicado mas é barato e eficiente: vale a pena ler o livro para definitivamente parar de apanhar do scanner.

360x360_8539602075

CATEGORIA QUATRO: VAI AMPLIAR, É?

A Cópia – Ansel Adams
Clássico é clássico e vice-versa. Todo o processo de ampliação básico está detalhado em mais um livro do tiozinho mais perfeccionista da fotografia.

Way Beyond Monochrome – Ralph W. Lambrecht e Chris Woodhouse
Este é o Irmãos Karamazov da ampliação PB – é imenso, pesado, desanima só de olhar e quando você chega no final precisa ler de novo, porque já esqueceu o começo. Mas se chegar a dominar o que tem ali dentro, já pode se intitular ninja do laboratório.

Não vá comprar tudo de uma vez e tentar ler: qualquer cérebro derreteria, e não tem bolso que aguente. Mas vá se preparando e curtindo a informação; tem muita coisa legal nesses livros, e suas fotos com as grandalhonas irão agradecer.

Ah, e economize: muitos desses livros estão nos sebos por uma fração do valor original. Procure nos sebos nacionais e gringos, que pelo menos uma parte aparece.

Boas leituras!

OBS do Editor: Enquanto preparava esse post e buscava as capas dos livros pra ilustra-lo, percebi que muitos dos livros acima possuem mais de uma capa (talvez por serem edições diferentes, ou até publicações em países diferentes) entã0, não se prenda necessariamente às capas que ilustram esse post, ok?

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!