1comentário

Limpando câmeras clássicas com o JCH (Parte 2 – Interior e Lentes)

por em 23/10/2013
 
JCH

Post originalmente publicado no site Japan Camera Hunter

E hoje vamos de segunda parte do tutorial sobre limpeza de câmeras do Japan Camera Hunter. Ontem falamos sobre o exterior das câmeras, e hoje ele fala sobre o interior. Vamos nessa?

Mas atenção: se você não leu o post de ontem, recomendo fortemente a leitura, ou você vai pegar o bonde andando… ;-)

Fala Bellamy!

 

Limpando a Câmera por Dentro:

17

Abra a câmera e coloque a bombinha de ar pra trabalhar. Dê atenção especial aos cantos. Use a bomba de ar de bico fino para os locais mais difíceis. Algumas câmeras têm partes que podem ser removidas. Se quiser, retire todas essas partes pra ter certeza de que chegou a todos os cantos com a bombinha de ar. O interior da câmera deve ficar sem nenhuma poeira.

18

Feito isso, é hora de uma limpeza mais pesada. Eu gosto de limpar os trilhos do filme com um cotonete e álcool. Faço o mesmo com a traseira da lente se for uma câmera como essa (mas chegaremos lá em breve). Você consegue ver toda essa sujeira abaixo do trilho do filme? São partículas da espuma de vedação de luz da câmera. Nessa câmera em particular a espuma basicamente se desintegrou com o passar do tempo, e agora ela está, em forma de pó, espalhada por todo o interior da câmera. Mas isso também é fácil de resolver, Você pode conseguir um kit de substituição sem dificuldades e reparar você mesmo.

Bom… então tá faltando o que? Ah sim! As lentes.

Limpando as Lentes

Eu deixo as lentes por último. Dessa forma eu não tenho que limpar elas de novo depois de ter soltado toda aquela sujeira do resto da câmera. Existem toneladas de diferentes linhas de pensamento sobre esse tipo de limpeza. Mas os princípios básicos é sempre o mesmo: Seja gentil, seja cuidadoso, seja metódico. Se você seguir essas três regras você terá lentes limpas no final do processo.

19

Pra limpeza eu gosto de usar um dos cotonetes especiais. Mas um comum também serve. Eu não uso líquidos com álcool nas minhas lentes. Eu encontrei um limpador muito bom que não contém álcool. Mas infelizmente ele não pode ser encontrado fora do Japão. Portanto, se você não conseguir algo assim, corra atrás de um líquido de boa qualidade.Eu costumava usar o da Kodak, mas ficou bem difícil de encontrar. Só não compre aquele produto genérico e mais barato. Ele é horrível.

Pra começar, passo o cotonete na lente com o liquido de limpeza. Faço isso lentamente e com cuidado pra ter certeza de percorrer toda a lente, mas tomando cuidado pra não encharcar as lentes. Uso liquido o bastante apenas pra umedecer a lente.

20

Em seguida vem o lencinho novamente (um novo, é claro). Eu uso ele em um movimento lento e circular, tomando cuidado pra alcançar todas as pontas. Não pressione com muita força. Lembre-se: paciência e gentileza. Faça tudo com calma, prestando atenção pra não deixar marcas. Em lentes mais antigas pode haver uma camada de cobertura (coating) velha, ou até mesmo nenhum coating, que pode ter se desgastado por completo. Muitas lentes antigas possuem vidros bastante fáceis de serem arranhados. Portanto, você deve tomar bastante cuidado ao limpar lentes de câmeras clássicas.

21

Pra finalizar, uso novamente a bombinha de ar pra soprar pra longe qualquer partícula que tenha vindo pra câmera desde o começo da limpeza. Isso deve fazer a lente ficar linda. O processo inteiro não leva tanto tempo assim, e tento repetir ele semanalmente. Se você estiver viajando, é claro que não vai conseguir fazer tudo isso. O que não justifica você não ter uma flanelinha de microfibra na bolsa/mochila. Como você vai se sentir se perder uma foto porque tinha ima impressão digital na sua lente?

22

Bom, é isso. No final das contas sua câmera deve estar como nova, e funcionando bem.

A manutenção de câmeras é uma parte muito importante de ser um fotógrafo. Você deve se certificar de que seu equipamento está funcionando o tempo todo. Cheque as baterias pra ver se estão boas. Se não tiver certeza, ande sempre com reservas. E sempre ande com lenços na mochila.

Muitas câmeras são como relógios feitos à mão. São máquinas de precisão e, de tempos em tempos, precisam ser ajustadas. Mas você consegue prolongar o tempo entre os ajustes cuidando bem delas. Quando não as estiver usando, mantenha-as em uma caixa sem umidade.

Uma câmera limpa é uma câmera feliz. E uma câmera feliz faz você mais feliz.

 

 

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Sara
    13/03/2014 em 5:52 pm

    Minha dúvida é como limpar entre os anéis, pois estão travando um pouco na hora de girar e é possível escutar um barulho como se tivesse algumas partículas, não se poeira ou outra coisa atrapalhando o giro.

    Responder

Deixa aí seu comentário!