2comentários

Usando o digital pra aprender analógico

por em 25/11/2013
 

Foto acima por Madeleine Cabral

Outro dia estava lendo um dos meus sites favoritos sobre fotografia, o A Lesser Photographer (já falamos dele aqui), quando dei de cara com um texto do editor da revista Lenswork que explicava um texto que tinha lido.

“Aqueles que fotografam com digital desenvolvem mais rapidamente do que aqueles que estão fotografando com filme. Não tem nada a ver com ‘filme versus digital’, mas simplesmente porque quem fotografa com digital tira mais fotos.”

Primeiro fiquei meio indignado, até perceber o MEU erro de entendimento. Nessa frase ele está falando sobre aprender a fotografar no sentido de usar o equipamento, e aprender os conceitos básicos. E nesse sentido, bom… faz sentido.

Por André Auke

Por André Auke

Suponhamos que você esteja aprendendo a fotografar e tem duas câmeras totalmente iguais e manuais, sendo que a única diferença entre elas é que uma é digital e outra manual. Agora se imagine aprendendo qualquer coisa, como distância focal, sub e superexposição (ou fotometria como um todo), diferentes velocidades de abertura… com qual equipamento você aprenderia mais rápido? Com uma analógica, com a qual levaria alguns dias pra ver os erros e acertos e passar pra uma segunda fase de exercícios, ou com uma digital, na qual veria os resultados imediatamente?

Pois é. Muito se fala sobre usar o analógico pra aprender fotografia, já que com câmeras mecânicas, manuais, e sem visor de LCD, a gente se dedica mais à composição, pensa mais, pratica a tal da “slow photography“. Mas o digital também pode ser uma ferramenta riquíssima pros fotógrafos analógicos, principalmente pra ganhar tempo na hora de aprender uma técnica.

Um bom exemplo é light painting (falamos disso aqui, aqui e aqui já). Pense bem: se você tem acesso ao equipamento (digital, no caso), pra que esperar semanas de erros e acertos pra aprender, se com algumas horas com uma digital em mãos você pode tentar até acertar e então, na mesma hora, fazer o light painting que você queria com sua amada analógica e aquele cromo que você estava guardando só pra isso?

Por Dayany Matos

Por Dayany Matos

Como sempre dizemos por aqui, não existe melhor ou pior na fotografia, nem em equipamentos. Tudo é uma questão do que você quer fazer, e como quer fazer. Usar uma câmera digital vez ou outra não é vergonha nenhuma, e você é um bobo se pensa que é. Assim como muitos de vocês, não acho muita graça em fazer uma foto com uma câmera digital. Mas isso não quer dizer que ela não possa me ensinar montes de coisas sobre fotografia ;-)

Pense nisso e, se quiser entrar na dança, poste aí nos comentários exemplos do que você aprendeu, ou pode aprender melhor, ou mais rapidamente, com uma digital, pra melhorar sua fotografia analógica! :-D

 

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 25/11/2013 em 1:05 pm

    Bom, eu tenho usado digital como “polaroid” para fotos analógicas :)

    Responder

    • Sérginho
      03/12/2013 em 4:59 pm

      Esse post é uma imensa verdade ! Eu mesmo comecei na fotografia pelo equipamento digital, aprendi todos os conceitos que eu podia na minha Nikon d3100, depois acidentalmente ( essa história é mais prolongada) passei pro analógico e me apaixonei, mas ai foi só aprender a mexer na câmera e sair clicando, pq as técnicas eu já sabia.

      Responder

Deixa aí seu comentário!