10comentários

Conheça a Fujifilm Instax Mini 90

por em 07/12/2013
 
The-Phoblographer-Editors-Choice-Award-Logo

Publicado originalmente no site The Phoblographer

O site ThePhotoblographer publicou recentemente um review da novíssima Fuji Instax Mini 90. Achei legais (a câmera, e o review) e resolvi trazer pra cá, com aquele estilo resumido que vocês conhecem. Vamos lá:

Prós:

  • Tamanho e formato bem pequeno e portátil
  • Tem mais controles e opções do que as versões anteriores
  • Ter dois botões de disparo pode ser uma boa
  • Modos de uso bem interessantes

Contras:

  • Cara
  • Depois de um tempo os filmes começam a pesar no bolso
  • Por ser divertida, te faz tirar muitas fotos, o que deixa, no final das contas, com menos fotos boas

[Nota do Tradutor: Esses dois últimos “contras” são meio apelação, né?]

Especificações Técnicas:

  • Design do corpo bem estiloso e de qualidade
  • Detecta automaticamente a luminosidade local e ajusta a potência do flash e a velocidade do obturador pra otimizar a qualidade da imagem
  • Usa o filme Instax Mini normal
  • Várias funções de disparo: Dupla Exposição, Bulb, Kids (para objetos se movendo rapidamente), Party (para ambientes escuros)
  • Imagens com cores vivas e nítidas

Ergonomia:

  • Apesar de seu desenho ter começado a ser produzido bem antes, a 90 lembra muito a série X de compactas digitais da Fuji e seu design retrô
  • Quando a câmera está desligada, a lente se recolhe, o que ajuda na hora de guardar
  • Ao se comparar com as Instax Minis mais antigas, a grande diferença está na parte de trás da câmera. Lá você acessa os botões pra fotos em modo macro, compensação de exposição, timer, flash e outros tantos modos (citados acima)
  • A maior diferença porém é o botão de disparo localizado na lateral da câmera, além do que existe tradicionalmente na frente

Qualidade de Construção:
De todas as Instax já lançadas, essa é de longe a mais bem construída e de melhor qualidade. Apesar disso, ainda é feita de plastico, sem nada de metal.Isso deixa a câmera leve, porém não resolve a fragilidade conhecida do plástico.

Facilidade de Uso:
Mesmo sem ler o manual, dá pra tirar ela da caixa e já começar a usar. Os botões e símbolos são bem intuitivos.

Foco:
Na maioria dos casos, a câmera fará de tudo pra conseguir colocar tudo que estiver na frente da lente em foco. No modo macro, porém, você vai conseguir manter em foco tudo que estiver a aproximadamente 38cm (15 polegadas), o que te permite fazer uns belos bokehs.

Qualidade de Imagem:
É uma câmera Instax. A qualidade não tem como ser muito melhor do que das outras Instax.

Conclusão:
Assim como as outras Instax, uma câmera excelente pra momentos de diversão, porém com mais recursos e charme. Permite improvisar mais, ser mais criativo e etc. 

[Nota final do Tradutor: Essa câmera, pelo menos enquanto escrevo esse post, ainda não está disponível no Brasil. Se você está lendo nesse post muito depois dele ter sido escrito, e quer saber se ela já está no país, é fácil. Acesse o site da Fuji no Brasil e veja se a câmera está entre seus produtos ;-)]

E ai? Curtiu? Eu quero uma dessas…

 

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!