0comentários

Beijing Silvermine: Resgatando a memória chinesa

por em 14/12/2013
 

Eu conheci esse projeto na revista Zum (impressa), e depois esbarrei nesse vídeo fantástico (que também está no site da Zum.

É o seguinte: um projeto simples. Uma vez por mês, o fotógrafo francês Thomas Sauvin roda lixões clandestinos “centros de reciclagem” da China (mais especificamente Pequim) atrás de negativos de fotos que iriam acabar sendo recicladas pra se reutilizar a prata existente neles.

O projeto já tem três anos, e o cara já juntou mais de meio milhão de fotos em negativo, sendo a maioria da odiada saudosa década de 1980, quando tudo, até a China, eram cafona.

As fotos, é claro, são snapshots do dia a dia. Fotos comuns (que hoje em dia estão no Instagram ou celulares em geral). Mas algumas cenas são muito, muito boas, ou pelo valor histórico, ou pela imagem em si.

Na Zum, quem comenta o trabalho é o fotógrafo e professor Joan Fontcuberta (cujos livros têm feito bastante sucesso nos últimos tempos), que diz que muitas caem naquele debate sobre o que é arte e o que não é, já que têm a qualidade visual de uma foto “profissional” (na falta de um termo melhor pra usar aqui) mas foram feitas por amadores e depois descartadas.

Tá uma olhada no vídeo (em duas partes). Ele resume muita coisa :)

 

 

Agora vejam algumas fotos que eu selecionei (algumas das que mais gosto). Observem, por exemplo, a foto histórica da criança, concentrada, vendo a bandeira da China na TV, ou a estranhíssima foto que foi capa da Zum, com um menino que aparentemente vai ser chutado engatinhando pelo chão.

Mas tem mais! Abaixo, um video onde Thomas fala sobre o projeto:

 

As fotos estão começando a rodar o mundo em exposições temáticas (veja o segundo vídeo desse post, onde ele fala de algumas abordagens das exposições). Agora é esperar virem pro Brasil ;-)

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!