7comentários

Pra pensar: Use o que você tem!

por em 07/03/2014
 

Como assim usar o que eu tenho?

Nos últimos tempos em que tenho frequentado nosso querido grupo no Facebook percebi um grande aumento de pessoas perguntando “qual o melhor equipamento para fazer tal projeto” e coisas similares.

Pois bem, não existe tal coisa. Todas as câmeras vão produzir fotos, não é? Depende só de você, sua vontade e sabedoria, olhar artístico e coisas do tipo.

Vou contar alguns relatos de fotógrafos, que como você meu amigo, que está na dúvida de qual equipamento pegar, começou com a câmera mais simples que tinha a disposição naquele momento.

 

derek-woods

Derek Woods

Derek começou com uma Sprocket Rocket e um Flash Diana :) você pode ver que hoje ele tem uma Leica M6, também podemos ver que o estilo mudou, não que ele tenha abandonado sua primeira câmera, pelo contrário, há casos e casos em sua fotografia.

Certo dia conversando com Derek, ele me ensinou como funciona seu processo. Ele tenta ao máximo diminuir as escolhas quanto a equipamento quando fotografa alguém. Como por exemplo ter em mãos apenas uma lente e um flash, um tipo de filme.

Derek disse “A limitação aumenta sua criatividade”.

Como? meio que você tem que se virar nos 30 pra conseguir a foto que está na sua cabeça com somente o que você tem no momento.

 

ryan-muirhead

Ryan Muirhead

Ryan é um cara mais técnico em suas fotografias, não tirando o mérito de sua arte, aconselho a ver o vídeo a seguir para entender melhor como ele fotografa.

Esse vídeo foi escolhido a dedo, e segue o mesmo intuito deste post, mostrar que é possível fazer coisas incríveis com o que você tem em mãos.


– Film Episode 6: “Use What You’ve Got”

 

chase-lisbon

Chase Lisbon

Chase recentemente lançou um filme “We Must Remain the Wild Hearted Outsiders”, todo analógico, desde a filmagem em VHS quanto a fotografia feita com Polaroids, Instax, Câmeras descartáveis.

Em sua fotografia, Chase utiliza apenas luz ambiente modificando-a com uma lanterna, ou seja, nada de uma Leica M6, Mamiya RZ67 ou qualquer coisa cara ;)

 

 

 

 

E, pra terminar…

pedro-costa-nevesEu

Eu comecei com uma Lomo LC-A e um back de instax, era o que eu precisava na época pra aprender e crescer, hoje tenho uma Voigtländer Bessa R3M, parente da Leica haha porém bem mais em conta.

Teve um tempo em que eu tinha mais de uma câmera em mãos e te digo uma coisa, me atrapalhava demais para compor e pensar, eram inúmeras as opções para fotografar.

Hoje, sigo o mesmo conselho que lhes dou. Use o que você tem em mãos no momento. Não se preocupe com “equipamento X vai render fotos melhores”, isso não é real, você vai render fotos melhores.

 

Não é a câmera que faz a foto, é o fotógrafo.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!