3comentários

Vinho na mesa. E no filme também! – Parte 1

 

O Caffenol virou febre entre os leitores e colaboradores do Queimando Filme nos últimos tempos. Todo mundo aderindo à facilidade de revelar filmes usando materiais disponíveis em qualquer cidade, mas não é só o precioso café que tem poder revelador!

Dentre os vários materiais disponíveis, o vinho tinto chamou minha atenção depois que um leitor fez perguntas sobre o assunto no Grupo Queimando Filme. Eu, como bom curioso, não fiquei satisfeito com as limitações das receitas que encontrei na pesquisa e, juntamente com amigos experts no Caffenol, comecei a criar uma receita própria do chamado Wineol.

Ainda estou longe de resultados bons o suficiente pra revelar os filmes do casamento da minha irmã com Wineol, mas consegui imagens na primeira tentativa! Na parte 2 desta saga coloco a receita para vocês experimentarem.

O filme saiu denso e granulado mas bem revelado, uniforme e com as imagens bem definidas.

Alguns ajustes de tempo e nas quantidades e logo solto uma primeira receita!

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 15/04/2014 em 1:33 pm

    Legal! =)
    Tem receitas caseiras para fixador? ouvi falar que dava pra fazer com vinagre..
    Valeu!

    Responder

    • Gabriel Chacon e Rodrigo Kairala
      16/04/2014 em 11:33 am

      Fixador o ideal é usar comercial ou comprar tiossulfato de sódio. Se quiser tentar algo mais caseiro, o material é sal. O nosso amigo Marcos Nava fez um post sobre o assunto: http://www.queimandofilme.com/2014/02/17/resolvendo-duvidas-de-fixacao-com-sal/

      O vinagre é usado como interruptor (stop bath) nas revelações com reveladores comerciais. No caso de reveladores baseados em barrilha (carbonato de sódio) não deve ser usado interruptor ácido pois a reação gera gás. Use somente água com vários banhos antes do fixador. Acho que todos nós fizemos na escola a experiência do vulcão com bicarbonato de sódio e vinagre! hehehe

      Responder

Deixa aí seu comentário!