2comentários

Leo Sombra: Um aventureiro sem lente

 

O Pinhole Day está chegando (27 de abril) e é claro que o Queimando Filme não poderia deixar passar em branco. Neste post vamos mostrar o trabalho de um fotógrafo que se aventurou nessa onda “sem lente” e se deu super bem!

O fotógrafo Léo Sombra (trabalhos disponíveis aqui e aqui) criou algumas câmeras simples usando caixas de papelão, pedaços de madeira e papel. Usando apenas a intuição na hora de construir, as câmeras foram um sucesso demonstrando que a fotografia pinhole é acessível a todos.

Um destes projetos foi usando uma caixa de papelão e uma lata de tinta. Com papel fotográfico dentro das câmeras, as imagens tem um visual bem inusitado e diferente.

Já para o filme fotográfico foi usado um modelo para imprimir e recortar… algo muito criativo e interessante! Alguns modelos neste estilo foram apresentados aqui e aqui no Queimando Filme.

Câmera pinhole de papel

Câmera pinhole de papel

Léo terminou se aventurando em uma pinhole instantânea por ansiedade de ver os resultados! Usando madeira e fita isolante, a câmera foi construída em um suporte Polaroid de câmeras grande formato.

Pinhole para filmes Polaroid Land

Pinhole para filmes Polaroid Land

O filme escolhido foi o Fuji FP-100C, que é do tipo peel-apart e não exige equipamentos elétricos como um Polaroid 600 (atual Impossible). O único material comprado além do filme foi o suporte instantâneo para câmeras de grande formato, que já possui os roletes para revelar o filme.

E você, tem algum projeto interessante para nos mostrar? Entre em contato

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!