3comentários

La vie en Tungsten

por em 25/06/2014
 

Hoje é dia de estreia no QF. Mariana Tavares é conhecida do QF a tempos, e já apareceu por aqui algumas vezes (como nesse post do LomoMatrix Maceió, que eu adoro, e no concurso Analógico Tropical :-) Hoje (e esperamos que daqui pra frente, com muitos outros posts, né, Mari!) ela traz a experiência dela com o filme Tungsten. Bem-vinda, Mari! Conta sua história, e mostra suas fotos! :)

O Tungsten ou T64 é um filme originalmente utilizado para a fotografia em estúdio. Sua função é a de “corrigir” as cores fabricadas por um ambiente artificial, uma vez que as condições de iluminação são diferentes daquelas encontradas em ambientes externos.

Bem, mas isso é o que eles nos dizem para fazer. Com essa história toda de “quebre as regras”, agora usamos o T64 na rua, em processo cruzado – seja lá como for. Meu primeiro rolo desse tipo filme, que foi o Tungsten da Lomography, não deu muito certo. Tudo saiu meio lavado e superexposto – pois apesar do ISO baixo (64), ele não funciona muito bem com aquele Sol a pino. Ainda que eu tenha regulado a minha câmera pra ISO 100 – acredite. Nessas condições, algumas pessoas chegam a colocar o fotômetro em 200 para não correr o risco de estourar as fotos.

Só que agora acredito ter encontrado uma receita que combinou perfeitamente: T64 da Fuji + outono. As cores quentes do ambiente combinadas às características do filme e ao abuso da múltipla exposição acabaram por compor um cenário onírico que me agradou bastante. Pois esse filme valoriza os tons de vermelho e deixam tudo meio rosado. O resultado me rendeu um dos meus rolos favoritos desde que comecei a fotografar com filme e mais vontade de continuar a usar o T64 – pena que só me resta um rolo (buá).

Então caso você consiga encontrar esse filme raro, use-o em dias nublados e não se esqueça de sobrepor camadas para se divertir. Mas claro, também é válido quebrar essas regras. ;)

Mais fotos no meu Flickr.

Quanto vale esse post pra você?
Pense nisso e, se achar justo, colabore conosco! Você pode apoiar o Queimando Filme através de doações (faça a sua aqui!), divulgando esse post para seus amigos, ou até simplesmente clicando nos banners dos anunciantes! Tudo isso ajuda o Queimando Filme a continuar postando conteúdo de qualidade para todos os amantes da fotografia analógica ;-)

comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixa aí seu comentário!